O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

FlickType, teclado para iOS e watchOS

Criador do FlickType fala sobre concorrência injusta com a Apple

Já falamos por aqui sobre a polêmica envolvendo a Apple e o aplicativo FlickType — a qual envolve diversas rejeições da equipe de análise da App Store, remoções da loja por parte da Apple, uma ação do criador do app contra a Maçã por abuso de poder e monopólio e, mais recentemente, a descontinuação do aplicativo para iPhones e a acusação de que a empresa teria copiado o seu aplicativo para Apple Watch.

Publicidade

Para aqueles que não estão sabendo, com o lançamento do Apple Watch Series 7, a empresa incluiu de forma nativa um teclado QWERTY no relógio — uma das principais funções do FlickType. Agora, o criador do app, Kosta Eleftheriou, declarou ao The Verge algumas novidades relacionadas ao caso.

Segundo ele, em 2019, durante negociações de compra do FlickType com a Apple, um dos engenheiros da empresa expressou bastante admiração pelo app, dizendo que a companhia deveria comprar o app dele e que esse seria um recurso fundamental para o Watch. Eleftheriou diz ter feito uma demonstração do aplicativo para a equipe do Apple Watch em 24 de janeiro de 2019, e na mesma noite recebeu uma mensagem da Apple dizendo que o FlickType seria removido por violar as diretrizes da App Store.

A empresa declarou ao The Verge que mudou de opinião a respeito da remoção do aplicativo da App Store e que, depois de um certo tempo, viu potencial e encorajou o desenvolvimento de teclados para o Watch. Ela basicamente admitiu que remover o aplicativo da Eleftheriou foi um erro e que corrigiu o problema rapidamente.

O FlickType de fato retornou à App Store, mas Eleftheriou argumentou que levou um ano para que o seu app fosse aprovado novamente. Além disso, apesar de o app estar disponível hoje na loja, ele acredita que o seu uso cairá significativamente agora que a função está embutida no relógio por padrão. Em um comunicado ao The Verge, o desenvolvedor disse:

Terei o maior prazer em trazer de volta o FlickType Keyboard acessível para iPhone quando a Apple finalmente consertar suas APIs1 de teclado de terceiros danificadas no iOS e permitir que os desenvolvedores concorram de forma justa com o próprio teclado da Apple. Eles também devem garantir que cada revisor tenha treinamento básico de VoiceOver — continuamos recebendo rejeições devido a revisores que não sabem ou mesmo não entendem como usar o VoiceOver.

Eleftheriou também quer que a Apple permita que desenvolvedores acessem seu próprio histórico de rejeições na App Store, algo que, atualmente, é bem restrito; muitas vezes, a Apple até se recusa a oferecê-lo.

Ele acredita que a competição entre o FlickType e o teclado nativo do Watch é injusta, visto que a Apple não precisa utilizar-se de APIs e pode adicionar funções extras conforme quiser, nativamente.

Que situação…

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Produtos Apple com o AppleCare+ na frente

Extensão do AppleCare+ chega a mais países, como Espanha e França

Próximo Artigo
Controles de vídeo do WhatsApp

WhatsApp trabalha em novos controles para envio de vídeos

Posts Relacionados