O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Mozilla Firefox 89

Mozilla testa Bing como novo buscador padrão do Firefox

Uma pequena porcentagem de usuários poderá notar a transição nas próximas semanas

Desde que o mundo é mundo, usuários do Mozilla Firefox estão acostumados a fazer alguma busca na barra de endereços do navegador e serem imediatamente levados ao Google — assim como acontece em quase todos os outros browsers, como o Safari e (obviamente) o Chrome. Isso, entretanto, poderá mudar em breve.

Publicidade

De acordo com o gHacks, a Mozilla iniciou recentemente alguns testes para substituir o buscador padrão do Firefox pelo Bing. Os testes, que estão sendo conduzidos atualmente com uma parcela pequena de usuários, servirão para mostrar à fundação se a mudança será bem aceita ou se é melhor desistir da ideia antes de um desastre.

Para a Mozilla, abrir mão do Google tem como objetivo reduzir a sua dependência em relação à gigante de Mountain View: de acordo com uma matéria da ZDNet do ano passado, o Google concordou em desembolsar algo em torno de US$450-450 milhões por ano para manter o seu buscador como padrão no Firefox até 2023. É uma quantia pequena se comparada ao valor que a empresa paga à Apple pelo mesmo acordo, mas ainda assim é disparada a maior fonte de receita da Mozilla.

Não se sabe como a fundação reverteria o buscador padrão para o Bing antes de 2023 sem causar um problema judicial, mas o fato é que a empresa quer explorar outras fontes de renda e, quem sabe, andar com as próprias pernas.

Publicidade

A transição para o Bing, segundo uma reportagem recente da Fast Company, faz parte de um plano maior de transformar a barra de endereços numa verdadeira central de pesquisas e ferramentas — tudo com base na ferramenta Suggest, anunciada ontem e por enquanto disponível somente para alguns usuários nos Estados Unidos.

A ferramenta, como o próprio nome já diz, pode sugerir todos os tipos de resultados aos usuários — páginas na web, pesquisas populares, artigos da Wikipédia, itens no eBay, cálculos matemáticos ou outros elementos. Algumas dessas sugestões podem ser patrocinadas, o que potencialmente ajudará a Mozilla a cobrir o possível rombo financeiro do rompimento com o Google.

O fato é que os testes da Mozilla com o Bing, iniciados neste mês, deverão perdurar até o início de 2022 — data limite na qual a fundação tomará uma decisão sobre a troca (ou não) do buscador. Você pode checar se está participando dos testes digitando o comando about:studies na barra de endereços do navegador.

Publicidade

E aí, apoia a mudança?

via Bleeping Computer

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Bug de armazenamento quase cheio no iOS 15

Bug no iOS 15 acusa armazenamento cheio no iPhone

Próximo Artigo
Apple The Mall at Bay Plaza

Nova loja da Apple no Bronx (NY) abrirá no dia 24 de setembro

Posts Relacionados