O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPad mini visto de cima com Smart Folio e Apple Pencil

“Efeito geleca” na tela do novo iPad mini é normal, diz Apple

Nada de programa de trocas ou atualização de software, portanto

Ontem, falamos aqui sobre a descoberta — apontada inicialmente por Dieter Bohn, do The Verge — de um possível defeito (ou efeito indesejável, no mínimo) no recém-lançado iPad mini de sexta geração: o chamado “jelly scrolling”, que é causado quando o painel não atualiza toda a sua extensão simultaneamente e causa um efeito visual de “geleca” quando o usuário rola a tela lentamente.

Publicidade

Após o testemunho de Jon Prosser, que afirmou detectar um comportamento parecido no seu iPad Air, estabeleceu-se a dúvida se o problema de fato seria mais pronunciado no novo iPad mini ou se as pessoas simplesmente estariam notando o efeito com mais frequência justamente por conta do apontamento de Bohn. Bom, segundo a Apple, a segunda opção é a verdadeira.

Em um comunicado enviado ao Ars Technica, a Maçã afirmou que o “efeito geleca” do novo iPad mini é um “comportamento normal” para telas de LCD1 com taxas de atualização comuns, de 60Hz. Segundo a empresa, como os painéis são atualizados a cada linha de pixels (na horizontal), existe um pequeno atraso na atualização das linhas superiores (mais distantes do controlador de tela) em relação às linhas inferiores (mais próximas). É por isso, também, que o efeito não existe quando o iPad mini está em modo paisagem.

Apesar disso, os próprios jornalistas do Ars Technica acreditam que o efeito é, sim, mais pronunciado no novo iPad mini em relação a outros tablets da Apple, como o iPad Air de quarta geração ou o iPad “comum” de nona geração. Segundo o repórter Andrew Cunningham, o “efeito geleca” é muito mais perceptível no iPad mini que nos outros dispositivos — a ponto, portanto, de o efeito ser mais perceptível a olho nu para uma parcela maior de usuários.

Publicidade

Por outro lado… bom, a má notícia é que se você notou (ou vier a notar) o efeito no seu iPad mini, não haverá muito o que fazer, uma vez que a Apple não reconhece a questão como um defeito. O ideal, portanto, é dar uma olhada bem cuidadosa no tablet numa loja antes de gastar R$6.200 (ou mais) no dispositivo.


Miniatura do iPad mini de sexta geração
iPad mini de Apple Preço à vista: a partir de R$5.579,10
Preço parcelado: em até 12x de R$516,58
Cores: cinza espacial, rosa, roxo ou estelar
Capacidades: 64GB ou 256GB
Lançamento: setembro de 2021
Geração: 6ª geração

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Skype no Mac

Skype ganhará novo visual em todas as plataformas

Próximo Artigo
Klipped

Promoções na App Store: Klipped, Audio Spectrum, Doing It Right e mais!

Posts Relacionados