O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Árvore com maçãs
Shutterstock.com

Apple teria apoiado grupo de lobistas contra propostas ambientais

O discurso a favor do meio ambiente da Apple pode não estar sendo repassado por todas as suas frentes. Um novo relatório do The Guardian alega que Apple, Amazon, Microsoft e Disney apoiam grupos de lobistas que lutam contra a legislação climática de US$3,5 trilhões proposta pelo presidente americano Joe Biden.

Publicidade

A lei inclui propostas como o aumento dos créditos fiscais para energia renovável, a introdução de tributação sobre o gás metano, além de estimular o uso de veículos elétricos e a promoção do uso de energia mais limpa em concessionárias.

O grupo apartidário Accountable.US também alega que o projeto que visa a diminuição da liberação de gases de efeito estufa é alvo de grupos de lobby corporativos. Além disso, a organização já relatou separadamente como a Apple conseguiu lucrar ainda mais com incentivos fiscais possibilitados pelo presidente Trump e como está lutando para mantê-los.

Em uma declaração, a presidente do Accountable.US, Kyle Herrig, disse:

Publicidade

Grandes corporações adoram nos dizer o quão comprometidas estão em lidar com a crise climática e construir um futuro sustentável. Mas, a portas fechadas, elas estão financiando os próprios grupos comerciais da indústria que estão lutando com unhas e dentes para impedir o maior projeto de mudança climática de todos os tempos.

Nem o The Guardian nem o Accountable.US detalharam que tipo de participação a Apple e as outras empresas possuem dentro desses grupos. Contudo, é preocupante ver que o discurso da Apple a favor do meio ambiente pode não ser lá dos mais verdadeiros.

O jornal ainda afirma que um desses grupos possui a participação de CEOs1, inclusive o próprio Tim Cook. Ambas as reportagens alegam que essas empresas estão lutando contra a legislação simplesmente por receio no aumento dos impostos. A Apple, como de costume, (ainda) não se pronunciou sobre o assunto.

Apesar do teor da reportagem, a Maçã já se comprometeu a neutralizar sua emissão de carbono até 2030 — e outras empresas possuem projetos parecidos. Mas é aquilo que dizem: falar é uma coisa, fazer é outra…

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Teardown do iPhone 13 Pro feito pela iFixit

Eis as peças dos iPhones 13 que podem ser trocadas

Próximo Artigo
Comparativo de câmeras: iPhone 6, iPhone 8, iPhone 11 e iPhone 13

Vídeo compara câmeras do iPhone 13 com as de gerações anteriores

Posts Relacionados