O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Trocando a tela do iPhone 13 e mantendo o Face ID

É possível trocar a tela dos iPhones 13 sem perder o Face ID, mas…

Spoiler: o processo é altamente sofisticado

Na última semana, falamos aqui sobre a infame descoberta de que, ao trocar a tela de um iPhone 13 [mini, Pro, Pro Max], o Face ID é imediatamente desabilitado — mesmo que o novo painel seja 100% genuíno.

Publicidade

Depois de muita repercussão (e, naturalmente, críticas), a oficina de reparos britânica iCorrect chegou para colocar mais contexto na história — e mostrar que é, sim, possível fazer a troca dos componentes sem perder a identificação facial. O problema é que o processo é muito, muito sofisticado.

Uma publicação no blog da empresa explica a situação, iniciando com um breve histórico sobre as tecnologias empregadas pela Apple para conectar a tela ao processador dos iPhones. Do simples design de circuito integrado na placa, usado em todos os aparelhos até o iPhone 6, a empresa foi lentamente adotando projetos mais sofisticados por razões de segurança, economia de espaço e habilitação de novos recursos.

No iPhone 6s, por exemplo, a tela passou a se comunicar diretamente com a CPU1 do aparelho, enquanto o iPhone X deu mais responsabilidades ao chip do painel — além de registrar e interpretar os toques na tela, ele também era responsável pelo funcionamento do True Tone e do sensor de luz ambiente.

Pulando alguns anos (e mais uma série de mudanças) no tempo, os iPhones 13 trazem o design mais complexo até o momento nesta comunicação entre tela e CPU. Nos novos aparelhos, é o próprio chip do display que tem a responsabilidade de registrar e enviar as informações do Face ID, comunicando-se diretamente com a Secure Enclave do aparelho para manter esses dados criptografados e protegidos. Ao fazer a troca da tela, portanto, o identificador único do chip nela presente não é mais reconhecido, causando a falha no sistema de reconhecimento facial.

Publicidade

Qual a solução para trocar a tela dos iPhones 13 e manter o Face ID, portanto? Sim, você adivinhou: retirar o chip responsável pela comunicação do sistema da tela antiga e cirurgicamente instalá-lo no novo painel. O problema é que, como você provavelmente também adivinhou, essa é uma operação altamente sofisticada, envolvendo circuitos e espaços microscópicos, componentes extremamente frágeis, ferramentas especializadas e uma margem de erro basicamente inexistente.

Obviamente, nas lojas e nos Centros de Serviço Autorizado da Apple, alguma máquina (ou alguma documentação específica) possibilita que os técnicos façam a eventual troca de uma tela de forma mais simples. O fato é que, para as oficinas não autorizadas e para os consumidores mais escolados, que gostam/conseguem fazer certos reparos em casa, o processo está muito mais complicado — basicamente inacessível.

Publicidade

Não há como saber as razões por trás da mudança. Pode ser que a Apple simplesmente queira complicar ainda mais a vida das oficinas paralelas, ou aprimorar um pouco mais a segurança dos aparelhos, ou — como opinou o próprio autor do artigo da iCorrect — dificultar o comércio de peças contrabandeadas vindas da China. O fato é que, sim, a coisa está mais complicada, agora.


Miniatura dos iPhones 13 Pro e 13 Pro Max
iPhones 13 Pro e 13 Pro Max de Apple Preço à vista: a partir de R$8.549,10
Preço parcelado: em até 12x de R$791,58
Cores: azul-sierra, prateada, dourada ou grafite
Capacidades: 128GB, 256GB, 512GB ou 1TB
Lançamento: setembro de 2021

Miniatura dos iPhones 13 e 13 mini
iPhones 13 e 13 mini de Apple Preço à vista: a partir de R$5.939,10
Preço parcelado: em até 12x de R$549,92
Cores: rosa, azul, meia-noite, estelar ou (PRODUCT)RED
Capacidades: 128GB, 256GB ou 512GB
Lançamento: setembro de 2021

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Jogos na App Store

Apple lucra mais com jogos do que Sony, Nintendo e outras

Próximo Artigo
iPhones 13 Pro em loja da Apple

DXOMARK: iPhone 13 Pro Max fica em 1º lugar no ranking de telas

Posts Relacionados