O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Foto de James Yarema no Unsplash
Apple TV+

Apple luta contra pirataria de conteúdos do Apple TV+

Um problema enfrentado praticamente por todas as gigantes do streaming hoje em dia…

Uma nova reportagem do MacRumors revelou que a Apple está sofrendo com a pirataria dos seus conteúdos originais, os quais estão disponíveis para assinantes do Apple TV+.

Publicidade

De acordo com a reportagem, algumas das séries e dos filmes mais populares da Apple têm pelo menos 2.000 seeders ativos em cada grande site de pirataria do tipo torrent, chegando a cerca de 125.000 seeders por título. As tendências de download apontam amplamente para a popularidade de várias séries/filmes da Apple, com nomes como “Ted Lasso”, “The Morning Show” e “See” entre os mais populares.

Para tentar coibir isso, a Apple seguiu o exemplo de estúdios e distribuidores de conteúdos de streaming (como Netflix, Amazon Prime Video e Disney+), os quais tentaram restringir o compartilhamento ilegal de filmes e programas de TV usando parceiros específicos que sinalizam conteúdo roubado em seu nome. Nesse sentido, a Maçã teria assinado contratos “com várias empresas especializadas em proteção de direitos autorais digitais”, como a Corsearch e a OpSec Security.

Segundo as informações, a Corsearch emitiu mais de 320.000 pedidos DMCA1 para o Google, citando violação de direitos autorais para conteúdos do Apple TV+‌. Mais precisamente, essas ordens impedem o Google de indexar sites sinalizados de pirataria, mas pouco fazem para restringir a hospedagem real de conteúdo pirateado.

Ainda de acordo com os dados, os pedidos de exclusão em nome da Apple atingiram um recorde histórico em 16 de agosto deste ano, com mais de 8.500 solicitações ao Google em um único dia.

Publicidade

Embora 91,2% dos pedidos de remoção tenham sido atendidos com sucesso, o crescimento e a disponibilidade de conteúdo do Apple TV+ em sites de torrent não parece ter sido significativamente impactado, com a Apple caindo nos mesmos problemas enfrentados por suas concorrentes na área.

De acordo com dados da Alliance for Creativity and Entertainment (ACE), a pirataria de conteúdos de streaming representa até 80% de todo o conteúdo pirateado, custando aos estúdios/produtoras até US$71 bilhões anualmente.


Ícone do app Apple TV
Apple TV de Apple
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.6.8 (888.8 KB)
Requer o iOS 10.2 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Craig Frederighi na Web Summit 2021, em Lisboa

Craig Federighi participará da Web Summit 2021, em Lisboa

Próximo Artigo
M1X

Rumores: novos MacBooks Pro terão webcam 1080p e 16GB de memória base

Posts Relacionados