O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Segurança digital
Shutterstock.com

Apple corrigiu brecha no iOS 15.0.2 sem creditar pesquisador

Há algumas semanas, falamos aqui sobre uma série de vulnerabilidades do iOS divulgadas pelo pesquisador Denis Tokarev, o qual acusou a Apple de ignorá-las e negar crédito às suas descobertas.

Publicidade

Após botar a boca no trombone, a Apple respondeu ao pesquisador e disse que analisaria/corrigiria as brechas encontradas. Dito e feito: junto ao iOS 15.0.1, liberado no início do mês, a Apple corrigiu um desses bugs, porém ainda sem dar os devidos créditos a Tokarev.

Agora, essa situação ocorreu novamente. Com o lançamento do iOS 15.0.2, na segunda-feira (11/10), a Apple corrigiu mais um dos achados de Tokarev, mas ainda assim segue sem creditá-lo.

Segundo Tokarev, já tem quase dois meses desde que a Maçã falou com ele a respeito do problema em questão. Após o acontecimento desta semana, ele já enviou um email para a empresa requisitando o devido crédito. A Apple, por sua vez, o respondeu pedindo que o conteúdo das mensagens trocadas fosse mantido confidencial.

A brecha encontrada permitia que apps instalados em um device acessassem, sem autorização, dados sensíveis do usuário na App Store. Uma vulnerabilidade desse nível valeria por volta de US$100 mil no Apple Security Bounty.

Publicidade

No entanto, o programa de recompensas da Apple continua sendo criticado pela comunidade de cibersegurança, mesmo após ter sido completamente renovado em 2019.

Pelo menos já conseguimos imaginar o porquê…

via Forbes

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Jason Segel

Apple TV+ anuncia "Shrinking", estrelada por Jason Segel

Próximo Artigo

Carregador rápido do Apple Watch Series 7 é feito de alumínio

Posts Relacionados