O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

mokjc / Shutterstock.com
iOS e Android

iOS é mais seguro do que Android por não ter sideloading, diz Apple

Em resposta à proposta de lei europeia Digital Markets Act (Ato Legislativo sobre os Mercados Digitais), a qual poderia forçar o sideloading de aplicativos no iPhone na Europa, a Apple compartilhou um documento [PDF] que destaca os riscos de segurança e privacidade dessa prática — a qual refere-se à instalação de aplicativos fora da App Store, como a partir de um site ou de uma loja de aplicativos de terceiros.

Publicidade

Já de início, o documento adota uma postura rígida contra o sideloading, alegando que a prática “prejudicaria a privacidade e as proteções de segurança que tornaram o iPhone tão seguro e exporia os usuários a sérios riscos de segurança”. Nesse sentido, a Maçã também destaca que o número de malwares no Android (que suporta sideload) foi de 15 a 47 vezes maior do que no iPhone nos últimos quatro anos.

Por outro lado, a Apple afirmou que são raras as ocorrências de malwares no iOS e que muitos dos ataques à plataforma são “com alvos estreitos”.

A Apple acrescentou, ainda, que “os especialistas geralmente concordam que o iOS é mais seguro em comparação ao Android, em parte porque a Apple não oferece suporte a sideloading“.

Publicidade

Forçar a Apple a oferecer suporte ao sideload no iOS por meio de downloads diretos ou lojas de aplicativos de terceiros enfraqueceria essas camadas de segurança e exporia todos os usuários a novos e sérios riscos de segurança: permitiria que aplicativos prejudiciais e ilegítimos alcançassem os usuários com mais facilidade; isso prejudicaria os recursos que fornecem aos usuários controle sobre os aplicativos legítimos que baixam; e isso prejudicaria as proteções do iPhone no dispositivo. O sideload seria um retrocesso para a segurança e privacidade do usuário. O suporte ao sideload em dispositivos iOS basicamente os transformaria em “PCs de bolso”, voltando aos dias dos PCs cheios de vírus.

A Apple acrescentou que mesmo aqueles usuários que não desejam fazer sideloading e preferem baixar aplicativos apenas da App Store seriam prejudicados se a prática fosse imposta, uma vez que os criminosos podem enganá-los para que façam o download de aplicativos imitando a aparência da App Store ou anunciando recursos gratuitos ou exclusivos.

A Apple abordou muitos desses argumentos em um documento semelhante divulgado em junho. O CEO1 Tim Cook também já havia afirmado que o sideload de aplicativos “destruiria a segurança do iPhone” e muitas das iniciativas de privacidade da App Store.

via CNET

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Malware em uma tela

Pesquisadores mostram novas táticas de ataques contra Macs

Próximo Artigo
Banner de "Harriet the Spy"

Apple TV+: confira o trailer da animação "Harriet The Spy"

Posts Relacionados