O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Quais as diferenças dos AirPods de 2ª para os de 3ª geração?

Rumores envolvendo uma terceira geração dos AirPods circulavam desde o início deste ano, ao menos. No evento especial da Apple realizado hoje, eles finalmente viram a luz do dia.

Publicidade

De cara, o que mudou foi principalmente o seu design e a adição de alguns novos recursos de áudio. Porém, outros detalhes pequenos passaram despercebidos durante a keynote. Por isso, separamos por aqui exatamente todas as mudanças para você ficar por dentro de tudo.

Vamos nessa?! 😁

Design

Ainda disponíveis apenas na cor branca, o que mais chama atenção quando você vê o estojo dos AirPods de terceira geração é o seu design renovado, mais achatado e menor em altura. De uma forma resumida, ele segue muito a linguagem dos AirPods Pro, lançados há dois anos.

AirPods de segunda geração vs. de terceira geração

Em comparação ao estojo de recarga dos AirPods de segunda geração, o novo — que se chama estojo de recarga MagSafe — tem 46,4mm de altura (contra 53,5mm do modelo anterior), largura de 54,4mm (contra 44,3mm), espessura de 21,3mm (contra 21,3mm), e peso de 37,9 gramas (contra 38,2 gramas).

Publicidade

Com relação aos fones em si, eles estão com uma haste menor e com um sensor de força em cada lado – que substituem os comandos por toques. Eles são usados para controlar a reprodução de áudio, chamar a Siri ou atender uma chamada, por exemplo.

Quanto às dimensões dos fones em si, temos 30,7mm de altura (contra 40,5mm), 18,2mm de altura (contra 16,5mm) e espessura de 19,2mm (contra 18mm). Por fim, o peso dos fones diminuiu ligeiramente: são 37,9 gramas contra 38,2 gramas.

Recursos de áudio

Pela primeira vez, a Apple está levando uma função que antes era exclusiva dos modelos Pro e Max para os AirPods “normais”.

Publicidade

Refiro-me ao Áudio Espacial com Dolby Atmos (com direito a rastreamento dinâmico de cabeça), tanto para filmes quanto para músicas.

Isso permite que você tenha uma experiência mais imersiva de som, como se estivesse realmente no ambiente onde o áudio está sendo reproduzido.

Publicidade

A Apple também inclui, agora, uma equalização adaptativa que ajusta o áudio reproduzido independentemente do formato do ouvido do usuário; ela também implementou um driver de alta amplitude e um amplificador exclusivo, com alto alcance dinâmico — recursos que não estão presentes na geração anterior.

Os novos fones contam também com um microfone coberto com uma malha acústica, para ajudar a reduzir o som do vento — de modo que a voz da pessoa seja distinguida nas chamadas. Além disso, o codec de voz AAC-ELD oferece uma qualidade de voz Full HD, o que proporciona uma comunicação clara e natural durante as chamadas FaceTime.

No mais, se antes tínhamos sensores ópticos duplos, agora temos um sensor de detecção da pele; já nos microfones, eles continuam duplos com filtragem espacial, mas agora são virados para dentro.

Apesar desses novos recursos, o cancelamento ativo de ruído e o modo Ambiente seguem sendo exclusivos dos AirPods Pro e Max.

Bateria e energia

A bateria dos novos AirPods também recebeu uma melhoria tímida, mas muito bem-vinda, é claro.

Até o modelo de segunda geração, uma recarga dos fones garantia uma reprodução de áudio por até cinco horas de uso. Agora, esse número pulou para seis horas (ou cinco horas, se o Áudio Espacial estiver ativado). Com relação ao tempo de conversação, ele saltou de três horas e meia para quatro horas com apenas uma carga nos fones.

O estojo dos novos AirPods de terceira geração, inclusive, possibilita que você recarregue os fones por quatro vezes, o que acaba totalizando 30 horas de uso (para áudio) ou 20 horas de conversação.

Quando chegar a hora de recarregá-los, a Apple também tratou de melhorar a experiência. Agora, além de poder recarregar o estojo usando carregadores sem fio com o padrão Qi e o conector Lightning, os ímãs do MagSafe funcionam com acessórios compatíveis com esse ecossistema para oferecer um alinhamento perfeito – como é o caso do Carregador MagSafe e do Carregador MagSafe Duo.

Isso acaba impedindo que os fones parem de carregar por não estarem devidamente alinhados com as bobinas de carregamento, por exemplo, ao receberem um leve toque.

Com relação ao tempo de recarga, ele melhorou consideravelmente: agora, com apenas cinco minutos com os fones no estojo, é possível ouvir músicas ou conversar por até uma hora.

Resistência à água

Outro recurso que antes era exclusivo dos AirPods Pro chegou aos modelos de entrada: agora, tanto os fones quanto o estojo de recarga MagSafe contam com resistência a suor e água. Nos testes da Apple — e em condições controladas — eles foram classificados como IPX4.

Compatibilidade

A Apple afirma, na página de comparação dos fones, que algumas funções dos AirPods de terceira geração (como o compartilhamento de áudio) funcionam apenas em iPhones/iPads que estejam rodando o iOS/iPadOS 13 ou posterior.

Ou seja: donos de iPhones 6 e 6 Plus, 5s, iPod touch (sexta geração), iPads Air (primeira geração) e mini 2 e 3 não poderão aproveitar esse e outros recursos que não foram citados nominalmente pela Maçã.

Outros detalhes

Assim como os AirPods Pro e AirPods Max, os AirPods de terceira geração agora vêm com um cabo de Lightning para USB-C na caixa.

Outro ponto em comum entre os três fones está no fato de eles terem Bluetooth 5.0 e serem equipados com o chip H1, da Apple.


Acham que vale o upgrade? Vale lembrar que os fones já possuem um preço definido no Brasil: R$2.400. Os AirPods de segunda geração (sem o estojo de recarga sem fio) seguem em linha por R$1.650.


AirPods (miniatura)
AirPods (3ª geração) de Apple Preço à vista: a partir de R$2.159,10
Preço parcelado: em até 12x de R$199,92
Lançamento: outubro de 2021

AirPods de segunda geração (miniatura)
AirPods (2ª geração) de Apple Preço à vista: a partir de R$1.484,10
Preço parcelado: em até 12x de R$137,42
Lançamento: março de 2019

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Chip M1 Max do MacBook Pro

Benchmark do M1 Max revela grande salto em multi-core

Próximo Artigo
Ícones do iMovie e do GarageBand para macOS

iMovie e GarageBand são atualizados para os novos MacBooks Pro

Posts Relacionados