O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple deverá ser processada pelo Departamento de Justiça dos EUA

Segundo o The Information, a investigação em andamento poderá sim levar a um processo judicial
Departamento de Justiça (Department of Justice, ou DoJ) dos Estados Unidos
CHRISTOPHER E ZIMMER / Shutterstock.com

Pelo visto, a Apple está sob a mira do Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ) novamente. Segundo o The Information, há grandes chances de que a empresa seja processada pelo órgão em uma nova ação antitruste.

Publicidade

A investigação já tem dois anos, e faz parte de uma grande investida do DoJ a fim de averiguar grandes empresas — como Apple, Google, Facebook e Amazon — por conta de suspeitas de práticas anticompetitivas e prejudiciais ao mercado.

Citando fontes internas familiares com a investigação, o The Information disse que tem ocorrido um grande aumento nas movimentações sobre o caso nos últimos meses. Segundo o site, o DoJ continua questionando a Apple, seus clientes e suas concorrentes a respeito do controle que a empresa tem sobre o iPhone.

O órgão também está examinando questões como o “Iniciar sessão com a Apple”, o recurso Transparência do Rastreamento de Apps e restrições de rastreamento de localização, os quais os seus próprios apps da Apple parecem não seguir.

Publicidade

Durante os últimos meses, o DoJ enviou intimações para diversos parceiros de negócios da Maçã e selecionou ainda mais pessoas para colaborar com a investigação.

O The Information acredita que a investigação levará a um processo, o qual ainda não teve seus detalhes alinhados. No entanto, advogados envolvidos eventualmente darão ao Departamento de Justiça uma recomendação se o órgão deve ou não abrir um processo contra a companhia — algo que não deverá ocorrer no momento, visto que a análise ainda está em andamento.

Além disso, o DoJ parece já ter conversado com alguns críticos da empresa, como o Spotify, a Tile, a Match e a Basecamp — todas insatisfeitas com as políticas de controle da Apple. O site aponta que Jonathan Kanter, futuro chefe da divisão antitruste do órgão, já representou oponentes da Maçã, incluindo as empresas supracitadas. Não está claro, contudo, se isso afetará a investigação.

Publicidade

Veremos, portanto, onde essa situação toda vai dar.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Chips M1 Pro e M1 Max

Site faz análise aprofundada dos chips M1 Pro e M1 Max

Próximo Artigo
Áudio Espacial no app Portal

App focado em sono e relaxamento ganha suporte a Áudio Espacial

Posts Relacionados