O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Efeito de “blooming” nos novos MacBooks Pro é quase imperceptível, dizem usuários

Final Cut Pro e Logic Pro em novos MacBooks Pro

Em maio, a Apple estreou a tecnologia Mini-LED1 nos displays de seus dispositivos com o lançamento do iPad Pro de 12,9 polegadas com o chip M1.

Publicidade

Essa mudança foi bastante elogiada, uma vez que essa tecnologia aprimora bastante a retroiluminação do LCD2 das telas Liquid Retina utilizadas nos tablets profissionais da empresa até então. Recentemente, a Maçã levou essa novidade aos novíssimos MacBooks Pro de 14 e 16 polegadas.

Ao contrário dos painéis mais tradicionais, os displays Mini-LED são capazes de desativar áreas inteiras de pixels em momentos que elas não são mais necessárias — as chamadas zonas de brilho locais. Esse movimento permite níveis de contraste muito superiores, pretos mais profundos, além de uma economia considerável de energia.

Essa tecnologia, no entanto, é dotada de um problema quase intrínseco à sua natureza: o “blooming”. Em ocasiões em que imagens com um fundo preto estão sendo projetadas, é possível notar uma “aura” em volta de coisas como textos ou outros objetos. Tal fenômeno foi rapidamente notado no caso do iPad Pro, e muitos usuários começaram a se perguntar se ele estaria presente, também, nos novos notebooks da empresa.

Um levantamento realizado pelo MacRumors, entretanto, indica que a Apple parece ter conseguido minimizar o blooming na tela dos novos MacBooks. Usuários reportaram tanto no Twitter quando nos fóruns do site que a presença do fenômeno tem sido quase imperceptível, sendo, em alguns casos, virtualmente inexistente.

A Display XDR dno MacBook Pro tem visivelmente menos blooming do que o do iPad Pro, realmente quase imperceptível.

Mais cedo, ainda ontem, a Apple divulgou um documento em sua página de suporte orientando os usuários a como fazer um ajuste fino da calibragem da tela de seus MacBooks Pro.

O processo de calibração de fábrica do monitor de permite que os usuários do MacBook Pro desfrutem de uma experiência de visualização excepcional direto da caixa. Se o seu workflow requer uma calibração personalizada, você pode medir sua tela e, em seguida, fazer o ajuste fino da calibração.

Para realizar o ajuste, o usuário precisa ir nas Preferências do Sistema e depois clicar em Telas. O processo, no entanto, não é exatamente simples, requerendo o uso de um espectrorradiômetro, além de um conjunto de filmes QuickTime com uma série de padrões de imagem. Tais arquivos podem ser encontrado no site da Apple, acessando essa página.


MacBook Pro de 14 polegadas (miniatura)
MacBooks Pro de 14″ e 16″ de Apple Preço à vista: a partir de R$24.299,10
Preço parcelado: em até 12x de R$2.249,92
Características: M1 Pro ou M1 Max
Cores: cinza espacial ou prateado
Lançamento: 2021

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Imagem hero do Apple One

Apple One Premier custará R$70 no Brasil; Fitness+, R$30

Próximo Artigo
Portas dos MacBooks Pro de 14 e 16 polegadas

Novos MacBooks Pro têm saída para fones de ouvido aprimorada

Posts Relacionados