O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

MacBook Pro e notch
CNN

Twitter e outras dão MacBooks Pro M1 Pro/Max para engenheiros

Uber, Reddit e Shopify também estão entre as empresas que já fizeram investimentos do tipo — imaginam o motivo?

Por mais poderosos que sejam, os novos MacBooks Pro definitivamente não são máquinas baratas, especialmente se você vai chegando ao topo das configurações do bicho: o modelo de 16 polegadas com chip M1 Max e todas as configurações no talo pode chegar a US$6.100 — ou, aqui no Brasil, quase R$80 mil. 🤑

Publicidade

Obviamente, empresas que compram esses dispositivos em grande quantidade não pagam o preço cheio deles; de qualquer forma, trata-se de um investimento deveras ambicioso. Ainda assim, para companhias como Twitter, Uber, Reddit e Shopify, o upgrade — ao menos para as equipes de engenharia — foi uma decisão facílima.

Ao longo das últimas semanas, engenheiros e executivos dessas empresas passaram a compartilhar a adoção dos novos MacBooks Pro como máquinas de trabalho das suas equipes de desenvolvimento.

No caso do Twitter, por exemplo, a rede social do passarinho distribuiu MacBooks Pro com chip M1 Max (e configurados no talo) para todos os seus engenheiros dedicados ao iOS e ao Android. A novidade foi compartilhada pelo executivo John Szumski, que notou uma performance muito superior e casos muito mais raros de thermal throttling em relação às máquinas anteriores, com chips Intel.

O executivo da Uber, Mahyar McDonald, anunciou algo parecido: todos os engenheiros do app para iOS receberão MacBooks Pro de 16″ com chip M1 Max e 64GB de memória unificada — inclusive recém-contratados, daqui em diante. Segundo McDonald, essa máquina “provavelmente será o próximo laptop de todos os engenheiros da Uber muito em breve”.

Mas será que um investimento tão ambicioso era realmente necessário por parte das empresas? Para isso, basta checarmos este tweet de Jameson Williams, engenheiro do Reddit — outra empresa que também já embarcou na festa dos novos MacBooks Pro:

Nós recentemente percebemos que os novos MacBooks Pro com chips M1 cortaram nossos tempos de desenvolvimento Android pela metade.

Então para uma equipe de nove pessoas, US$32 mil em laptops economizarão mais de US$100 mil em produtividade ao longo de 2022. O ponto de equilíbrio acontece em três meses.

Resumindo: horas de engenharia são muito mais caras do que laptops!

Então aí está: a razão para os investimentos aparentemente altíssimos das empresas é que, em pouquíssimo tempo, o poder de fogo dos MacBooks Pro melhorará de tal forma a produtividade dos engenheiros que todo o dinheiro gasto se pagará rapidamente. E viva a tecnologia!

Para deixar as equipes de engenharia ainda mais felizes, o Shopify deu um passo a mais: além de entregar novos MacBooks Pro (com chips M1 Pro, neste caso) aos seus engenheiros, a empresa liberou os empregados para ficarem com suas máquinas antigas, com chips Intel, para eles.

Nada mau, hein?

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPhones 13 Pro

Baixo estoque da linha iPhone 13 deverá continuar até fevereiro

Próximo Artigo
Configurações Bluetooth no iPhone

Pesquisadores descobrem nova falha de segurança no Bluetooth LE

Posts Relacionados