O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple não matará mais Face ID na troca de tela dos iPhones 13

A empresa vai resolver o problema com uma atualização de software
Chip responsável pelo Face ID nos iPhones 13

Poucos dias após o lançamento dos iPhones 13, foi descoberta uma limitação no que diz respeito à troca da tela dos novos aparelhos: o Face ID para de funcionar completamente quando um novo display é adicionado — até mesmo ele sendo original, proveniente de outro aparelho da mesma linha.

Publicidade

Depois, veio à tona o que está causando esse problema: o chip responsável pela comunicação entre a tela e a CPU1 também registra e envia as informações do Face ID à Secure Enclave do aparelho nos iPhones 13, o que mantém esses dados criptografados e protegidos. Com a troca da tela, o identificador único do chip não é mais reconhecido, inutilizando o sistema de reconhecimento facial.

Dessa forma, a única maneira de fazer o Face ID funcionar com um novo display passou a ser transferir o chip em questão da tela antiga para a nova, o que requer equipamentos especializados para microssolda, manipulação de componentes extremamente frágeis e visualização microscópica do processo.

Ainda foi descoberta uma solução alternativa: a transferência do chip já soldado da tela antiga para a nova. Porém, esse método também está longe de ser prático, como é o processo para trocar a tela de qualquer iPhone anterior — o que pode ser feito até mesmo em casa, por uma pessoa um pouco mais familiarizada com o assunto. A limitação coloca em risco todo o mercado de reparo de telas de iPhones, o deixando majoritariamente nas mãos de Apple Stores e Centros de Serviço Autorizados da Maçã.

Publicidade

Obviamente, se passou a cogitar que o problema nada mais é que uma nova tentativa da Apple de dificultar o reparo de seus aparelhos — nos iPhones com Touch ID, por exemplo, há uma limitação semelhante. Ao que tudo indica, no entanto, a mudança no processo de comunicação interna do Face ID se deu mesmo por questões de segurança.

Isso porque, ao site The Verge, a Apple prometeu que lançará uma atualização de software em breve para devolver ao processo de troca da tela do iPhone 13 a mesma facilidade que existe com as linhas anteriores do smartphone. Assim, mesmo sem a transferência do chip da tela anterior para a nova, o Face ID continuará funcionando.

A empresa não deu um prazo para esse update e nem especificou em que versão do iOS ele estará incluído. Hoje mais cedo, vale notar, saiu a segunda versão beta do iOS 15.2.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Netflix Games chega ao iOS/iPadOS; serviço volta a poder ser assinado pelo app

Próximo Artigo

Samsung alfineta Apple e oferece pano de polimento gratuito

Posts Relacionados