O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

MediaTek Dimensity 9000

MediaTek promete performance de A15 Bionic no seu novo chip

Ele é ainda 35% mais rápido que o Snapdragon 888

Mesmo sem melhorias profundas em relação ao A14, o chip A15 Bionic (que equipa os iPhones 13 e o novo iPad mini) ainda é considerado o líder de performance no universo dos chips para smartphones — um atestado, no mínimo, do quão significativos foram os avanços da Apple no segmento ao longo dos anos anteriores.

Publicidade

Um novo cavaleiro misterioso, entretanto, desponta no horizonte para desafiar a Maçã. Isso porque a MediaTek anunciou hoje seu novo chip, o Dimensity 9000, o primeiro do mercado a ser produzido em litografia de 4 nanômetros e com uma lista de atributos suficiente para encarar o A15 de frente — além de superar o restante da concorrência em uma série de quesitos. Isso, claro, caso as afirmações da fabricante sejam verdadeiras.

De acordo com a MediaTek, a pontuação multi-núcleos do seu novo chip é “semelhante” à do processador da Maçã, com uma performance acima dos 4.000 pontos (num benchmark não especificado). Para se ter uma ideia, o A14 Bionic fica justamente nessa casa dos 4.000 pontos, enquanto o Snapdragon 888 — atual chip mais poderoso da Qualcomm — está bem abaixo disso, na casa dos 3.500 pontos.

MediaTek Dimensity 9000

De fato, segundo a fabricante, o Dimensity 9000 é 35% superior ao Snapdragon 888 tanto em performance quanto em gráficos. São promessas ambiciosas para uma empresa que já tem uma presença ampla no mundo dos smartphones, mas nunca no topo da pirâmide — os chips da MediaTek geralmente são reservados a aparelhos Android básicos ou intermediários, enquanto a Qualcomm e a Samsung dominam a parte mais alta do setor.

Em termos de especificações, o Dimensity 9000 tem oito núcleos: um Cortex-X2 de 3,05GHz (o de alta performance), três Cortex-A170 de 2,85GHz e quatro Cortex-A510 de 1,8GHz (de economia de energia). A GPU Mali-G710 tem seis núcleos, e temos ainda uma APU dedicada ao processamento de inteligência artificial.

Publicidade

Falando em inteligência artificial, aliás, essa é outra promessa ambiciosa da MediaTek: segundo a fabricante, o seu novo chip bate o Google Tensor — processador do Google que equipa os smartphones Pixel 6 — em 16% no processamento desse tipo de tarefa. O Tensor, vale notar, foi totalmente projetado pensando em inteligência artificial, o que torna os números ainda mais impressionantes. Nesse quesito, a vantagem em relação ao A15 Bionic é ainda maior: em torno de 66%.

Outros atributos do novo chip incluem suporte ao Bluetooth 5.3, ao Wi-Fi 6E e à memória LPDDR5X, até 33% mais rápida em relação à atual LPDDR5, além de um ISP (processador de sinal de imagem) capaz de capturar fotos de até 320 megapixels. O chip 5G embutido, entretanto, só funciona com ondas sub-6GHz, e não mmWave.

Ainda não há um cronograma específico para o lançamento do Dimensity 9000, mas espera-se que os primeiros smartphones equipados com o processador cheguem ao mercado já no primeiro trimestre do ano que vem. Enquanto isso, o mundo fica no aguardo da resposta da Qualcomm: a fabricante deverá apresentar o sucessor do Snapdragon 888 já nas próximas semanas.

Publicidade

Parece que a briga vai ser boa!

via 9to5Google

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Detalhe do Apple Park em Cupertino

Pesquisa divulga salários de mais de mil funcionários da Apple

Próximo Artigo
Capa do podcast #451

MacMagazine no Ar #451: Self Service Repair, "Apple Car" sem volante nem pedais, retorno aos escritórios e mais!

Posts Relacionados