O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple explica como funcionarão seus alertas sobre spywares

Como informamos ontem, a Apple anunciou que entrou com um processo contra o NSO Group, empresa israelense responsável pelo spyware Pegasus que tem sido usado em campanhas de vigilância patrocinadas pelo Estado em vários países.

Publicidade

Como parte do seu comunicado, a Apple revelou que alertará um “pequeno número de usuários” (possivelmente) afetados pelo ataque FORCEDENTRY — cuja vulnerabilidade, já corrigida, permitiu que o spyware em questão fosse instalado em seus dispositivos.

A fim de esclarecer como funcionará esses alertas, uma nova página de suporte da Apple explica que tais notificações serão entregues por email e em forma de alertas do iMessage para os endereços e números de telefone associados aos IDs Apple de usuários afetados. Essas notificações, por sua vez, fornecerão etapas adicionais que os usuários podem realizar para proteger seus dispositivos.

Ademais, caso um usuário queira confirmar a procedência do alerta, será preciso acessar o ID Apple pela web e verificar a existência de um banner de “Notificação de Ameaça” na parte superior da página.

Notificações de ameaça da Apple

A Apple esclareceu, ainda, que nunca solicitará acesso a links específicos ou a instalação de aplicativos por email e notificações do iMessage. Além disso, ela reconheceu que poderão haver alguns alarmes falsos com suas notificações e que alguns ataques poderão passar despercebidos, já que está “enfrentando táticas em constante evolução de invasores”.

Independentemente de você receber ou não uma notificação de ameaça da Apple, a empresa aconselha todos os usuários a tomarem as seguintes medidas para proteger seus dispositivos:

Publicidade
  • Atualize seu(s) dispositivo(s) com o(s) software(s) mais recente(s), pois isso inclui as correções de segurança mais recentes;
  • Proteja o(s) dispositivo(s) com uma senha;
  • Use a autenticação de dois fatores e uma senha forte para o ID Apple;‌
  • Instale aplicativos somente da App Store;
  • Use senhas fortes e exclusivas em logins online;
  • Não clique/toque em links ou anexos de remetentes desconhecidos.

A Apple também disse que continuará a notificar usuários que acredita terem sido alvos de ataques de spyware patrocinados pelo Estado “de acordo com as melhores práticas da indústria”.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Acordo de não divulgação (non-disclosure agreement)

#AppleToo: demitida rebate que Apple não tenta silenciar empregados

Próximo Artigo
5G no iPhone

TSMC deverá mesmo fabricar modem 5G da Apple já em 2023

Posts Relacionados