O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPhones 13 em loja
Rokas Tenys / Shutterstock.com

Apesar de retração do mercado, vendas de iPhones cresceram no 3º trimestre

As vendas de smartphones ao redor do mundo sofreram uma queda de 6,8% no terceiro trimestre de 2021 em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo uma nova pesquisa da empresa de consultoria Gartner, esse recuo não tem relação com uma possível queda na demanda (que continua forte), mas sim com a baixa oferta de peças — provocada pela crise mundial de semicondutores.

Publicidade

O setor de eletrônicos tem sido um dos mais afetados pela escassez de chips — mais precisamente, de circuitos integrados de radiofrequência e de gerenciamento de energia. Isso tem causado uma desaceleração na produção geral de smartphones, especialmente entre modelos do segmento de entrada; entretanto, esse cenário não parece ter afetado a categoria de celulares premium, que continuou a crescer nos últimos meses.

Apesar da forte demanda do consumidor, as vendas de smartphones diminuíram devido ao atraso no lançamento de produtos, cronograma de entrega mais longo e estoque insuficiente.

Anshul Gupta, diretor de pesquisa sênior do Gartner.

Quanto à participação de mercado, a pesquisa confirmou a nova posição da Apple, que recentemente voltou a ser a segunda maior fabricantes de smartphones do mundo. No terceiro trimestre, portanto, a Maçã ficou com 14,2% das vendas, comercializando cerca de 48 milhões de dispositivos no último trimestre. Em seguida aparece a Xiaomi, com 13% de participação, enquanto a Samsung lidera com confortáveis 20,2%.

Tabela com o número de vendas e a participação de cada empresa

Os bons números da Samsung vêm, entre outras coisas, da alta procura pelos seus dobráveis Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3, embora a empresa sul-coreana tenha perdido 1,9% do seu market share.

Publicidade

Já as três principais chinesas — Xiaomi, Vivo e OPPO — viram suas fatias aumentarem em 1%, 2,4% e 1,7%, respectivamente. Segundo a Gartner, esse crescimento vem da estratégia de expansão para novos mercados adotada pelas três gigantes, que têm voltado seus olhos para mercados como o Oriente Médio e a Europa.

via TechSpot

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Downvotes no Twitter

Testes com botão de negativar do Twitter estão avançando

Próximo Artigo
MacBook Air M1

MacBook Air M1 ganha performance "Pro" com truque simples

Posts Relacionados