O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

App Store, Developer, TestFlight e Connect
Primakov / Shutterstock.com

Apple pretende cobrar taxa por compras fora da App Store

Em setembro passado, a juíza Yvonne Gonzalez Rogers decidiu que a Apple deveria permitir que desenvolvedores divulgassem métodos de pagamento alternativos na App Store, em mais um capítulo da briga da empresa contra a Epic Games. Na época, foi estipulado que tal mudança deveria ser realizada até o dia 9 de dezembro.

Publicidade

Hoje, entretanto, a apenas uma semana de essa decisão passar a ter efeito (caso seu novo pedido para suspender a liminar não seja atendido), a Maçã apresentou um novo documento expondo sua intenção de continuar cobrando a famigerada taxa de 15% a 30% dos desenvolvedores, independentemente do método de pagamento utilizado.

O que passei a supor agora está em preto e branco neste processo da Apple: se a liminar entrar em vigor, a Apple provavelmente cobrará uma comissão sobre todas as transações iniciadas no aplicativo, mesmo que sejam concluídas na web.

Essa possibilidade já havia sido considerada anteriormente — o CEO1 da Maçã, Tim Cook, havia defendido a ideia alguns dias após a decisão ter sido divulgada ao argumentar que permitir outros métodos de pagamento na App Store “causaria dificuldades para a Apple”.

Vale lembrar que o Google já permite atualmente outras formas de pagamento na sua loja de aplicativos — e, da mesma forma, também cobra uma taxa separada dos desenvolvedores que optarem por esse caminho, embora ela seja ligeiramente menor (11%) do que aquela praticada com o sistema da sua loja (15%).

Entre as supostas “dificuldades” citadas por Cook, estariam, por exemplo, a necessidade de criar novas APIs2 que permitam o funcionamento de recursos como a restauração de compras e o controle parental fora do ambiente da Apple Store, além da formulação de novas políticas de uso para a loja.

Embora seja esperado que esse movimento volte a causar a ira de desenvolvedores e empresas (como a Epic), é importante ressaltar que a decisão judicial abre brecha para esse tipo de movimento por parte da Apple. Desta forma, resta-nos esperar pelos próximos capítulos dessa história — a qual, pelo visto, está longe de acabar.

Publicidade

Opiniões?

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Facebook Protect

Facebook Protect chega ao Brasil para proteger contas visadas

Próximo Artigo
Loja de stickers no WhatsApp Desktop

WhatsApp Desktop ganha loja de stickers na versão beta

Posts Relacionados