O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Close-up de chip com logotipo da TSMC ao fundo
Ascannio / Shutterstock.com

“M3”? TSMC testa chips de 3nm que poderão equipar Macs em 2023

Os chips poderão ter até 40 núcleos e consumo energético aprimorado

No mês passado, falamos aqui sobre os rumores de que a Apple e a TSMC (sua parceira de fabricação de chips para iPhones, iPads e Macs) estariam planejando um grande salto de gerações para os chips próprios da Maçã em 2023, com a introdução da litografia de 3 nanômetros — o que, consequentemente, se traduzirá em processadores muito mais poderosos e com mais núcleos. Agora, pelo visto, o plano continua a todo vapor.

Publicidade

De acordo com informações do DigiTimes, a TSMC já iniciou os testes de produção dos futuros chips utilizando a sua tecnologia N3, justamente a que utiliza um processo de 3nm. Segundo as fontes ouvidas pelo veículo, o programa piloto continuará ao longo do ano que vem, e a expectativa é que a produção em massa seja iniciada até o último trimestre de 2022.

A Apple não será a única beneficiada dos avanços, mas por ser (de longe) a maior cliente da TSMC, ela deverá ser a fabricante que melhor se aproveitará da nova tecnologia de chips. É provável que os processadores, talvez chamados de “M3”, equipem os Macs de 2023 e tragam até 40 núcleos graças às tecnologias de miniaturização — para efeito de comparação, os chips M1 Pro/Max atuais têm CPUs1 de 10 núcleos.

Obviamente, ainda teremos de aguardar um pouco para que tudo isso chegue até nós. Após o ciclo do M1, deveremos ver a chegada do “M2”, possivelmente já nos novos MacBooks Air a serem apresentados no ano que vem — os chips, entretanto, trarão uma versão atualizada da arquitetura de 5nm já presente nos processadores M1. Os processadores da série A, que equipam iPhones e iPads, deverão seguir um cronograma semelhante.

Publicidade

O futuro promete! 🤩

via Tom’s Hardware

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Logo da Apple e da Epic Games

Apple não consegue derrubar processo da Epic na Austrália

Próximo Artigo
Betas do iOS 15, do iPadOS 15, do macOS Monterey, do watchOS 8 e do tvOS 15

Apple libera quartas betas do iOS 15.2, do iPadOS 15.2, do watchOS 8.3 e do tvOS 15.2

Posts Relacionados