O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Foto aérea do Apple Park
Droneandy / Shutterstock.com

Governo dos EUA investiga a Apple por “retaliar funcionários”

O Departamento de Trabalho dos Estados Unidos (órgão equivalente ao Ministério do Trabalho e Previdência do Brasil) está investigando a Apple após receber reclamações de que a empresa “retalia repetidamente seus funcionários”.

Publicidade

De acordo com uma reportagem do The New York Times, existem denúncias que acusam a companhia de retaliar funcionários por se manifestarem contra maus-tratos dentro do ambiente de trabalho. Ainda segundo as informações, a Administração de Segurança e Saúde Ocupacional (OSHA) conduzirá a investigação.

O Departamento de Trabalho dos EUA não forneceu detalhes sobre a investigação, mas informações do Financial Times apontam que a ex-funcionária da Apple, Ashley Gjøvik, recebeu uma carta do Departamento de Trabalho a qual confirmava a investigação.

Como informamos, Gjøvik foi demitida da Apple em setembro por supostamente vazar informações confidenciais. Desde então, ela tem se manifestado no Twitter, reclamando do assédio contínuo e das condições de trabalho inseguras na Apple. Além disso, ela acredita que foi demitida sob um “falso pretexto”.

Na verdade, a violação de retaliação da SOX1 foi desencadeada por minha reclamação de conduta de negócios interna ao conselho de administração da Apple e também por meu processo na SEC2 sobre o conflito de interesses da Sugar e as declarações fraudulentas da Apple, tudo antes de a Apple me demitir.
.
A Apple se recusou a testar o ar em meu escritório antes de consertar as rachaduras no chão, de onde era provável a emissão de uma intrusão de vapor.
A Apple também se recusou a informar à EPA3 sobre as rachaduras ou reparos.
Por isso, relatei a Sugar e o conflito de interesses à EPA, também.

A Apple respondeu aos questionamentos sobre a investigação dizendo que está “profundamente comprometida em criar e manter um ambiente de trabalho positivo e inclusivo”. A empresa disse que leva “todas as preocupações a sério” e que investiga minuciosamente quando uma reclamação é levantada, mas que não comenta casos específicos.

Veremos no que essas investigações darão.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Conceito de "iPhone 14"

"iPhones 14 Pro" terão câmera de 48MP e 8GB de RAM, diz Jeff Pu

Próximo Artigo
Teclado do MacBook Pro

Apple corrige Log4Shell, falha crítica que afetava iCloud e outros

Posts Relacionados