O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple Garosugil na Coreia do Sul

Números oficiais: Apple cresceu 24% na Coreia do Sul em 2021

Por conta de uma lei local, a Apple é obrigada a divulgar seus resultados financeiros no país — e os números de 2021 foram, no geral, positivos

A cultura de segredo da Apple também se estende aos seus números: com a exceção de panoramas bem pouco definidos, divulgados a cada trimestre fiscal, a empresa não divulga receitas exatas por produto ou país.

Publicidade

Por isso, é notável o fato de a Maçã ter publicado recentemente seu desempenho financeiro na Coreia do Sul — não de bom grado, claro, mas como parte de uma determinação recente do país. Bom, ao menos as notícias são boas: a Apple tem crescido de forma bastante saudável na terra natal de uma das suas maiores concorrentes (a Samsung).

De acordo com a Yonhap News Agency, a receita da Apple na Coreia do Sul cresceu 24% na comparação ano a ano e atingiu ₩7,1 trilhões (cerca de R$33 bilhões) ao longo de 2021 — ou, mais precisamente, entre 1ª de outubro de 2020 e 30 de setembro do ano passado.

Mesmo com o crescimento de receita, o lucro líquido da Apple no país caiu ligeiramente: foram ₩124,3 bilhões (R$577 milhões) no período mais recente, contra ₩127,4 bilhões (R$593 milhões) no anterior. O lucro operacional também caiu, em cerca de 13,3%, e ficou em ₩111,49 bilhões (R$519 milhões) no período mais recente.

Publicidade

Desde 2019, como parte de uma nova lei relacionada à auditoria externa de empresas estrangeiras que operam na Coreia do Sul, todas essas companhias precisam passar por um processo de análise financeira do governo local, bem como divulgar publicamente seus resultados.

A Apple, vale notar, tem problemas históricos para avançar no mercado sul-coreano, dominado pela Samsung e por outras marcas locais — a notícia do aumento na receita, portanto, é um sinal de que os iPhones 13 e outros dispositivos recentes da empresa foram bem recebidos no país.

Resta saber, agora, como as finanças da Maçã na Coreia ficarão com a determinação recente — e inédita no mundo — de que a App Store precisará aceitar, por lá, meios de pagamento alternativos. Para isso, teremos de aguardar um pouco mais.

via Patently Apple

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Firefox 94

Páginas não carregam no Firefox? Saiba como corrigir [atualizado: corrigido pela Mozilla]

Próximo Artigo
Fortnite

Fortnite retorna ao iPhone (em beta) pelo GeForce NOW

Posts Relacionados