O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

The Japan Times
Mulher com headset

Headset da Apple poderá atrasar e chegar somente em 2023, diz Mark Gurman

Os protótipos atuais estariam enfrentando problemas de superaquecimento e mau funcionamento de câmeras, segundo o repórter

O headset de realidade aumentada/virtual da Apple será a primeira grande entrada da Maçã em um novo mercado desde o Apple Watch, em 2015 — e nós já estávamos esquentando os rumores para ver esse début ainda em 2022, mesmo que em estoques limitados. Entretanto, de acordo com Mark Gurman, pode ser que tenhamos de esperar um pouco mais.

Publicidade

De acordo com o jornalista da Bloomberg, a empresa estaria considerando adiar em alguns meses o lançamento do seu primeiro headset de realidade mista (AR/VR), possivelmente jogando o seu anúncio para o fim do ano — e o subsequente lançamento para algum momento de 2023. O adiamento, segundo Gurman, estaria relacionado a problemas com os atuais protótipos do dispositivo.

Mais especificamente, de acordo com fontes por dentro do assunto, as unidades de pré-produção estariam sofrendo com problemas de superaquecimento e mau funcionamento das câmeras e do software — obstáculos perfeitamente normais durante o desenvolvimento de um novo produto, mas que talvez obriguem a Apple a colocar o pé nos freios em relação ao seu cronograma.

Essa não é a primeira vez em que se fala sobre um possível adiamento do primeiro headset da Apple: alguns rumores já apontavam uma chegada do dispositivo em 2021, algo que acabou não acontecendo.

Publicidade

As especulações mais recentes davam conta de que a Maçã poderia apresentar o aparelho já na WWDC22, com alguns meses de antecedência em relação ao lançamento para que desenvolvedores tivessem tempo de trabalhar em suas aplicações. Pelo visto, nada feito… de novo.

Segundo Gurman, o objetivo da Maçã com o seu novo dispositivo é levar os headsets AR/VR às massas, ao contrário de tentativas anteriores, de outras empresas, que ficaram restritas a nichos muito específicos de consumidores. Ele não acredita que o aparelho será um sucesso retumbante desde o primeiro momento (como o iPhone foi, por exemplo), mas que abrirá o caminho para novas aplicações, novos adeptos e, claro, novas oportunidades de lucro para Cupertino.

Outros rumores recentes relacionados ao headset indicam que ele poderá ter múltiplos chips, com desempenho ao menos equivalente ao do processador M1, além de um adaptador de energia de 96W semelhante ao do MacBook Pro. Seu preço inicial, pelo visto, também não será muito agradável — as apostas iniciais giram em torno dos US$3 mil.

Ou seja: ainda há um longo caminho pela frente, mas as coisas estão começando a tomar forma. Aguardemos um pouco mais!

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Conceito de "iPhone 14"

Todos os "iPhones 14" terão tela de 120Hz e 6GB de RAM, diz analista

Próximo Artigo
Imagem de "The Tragedy of Macbeth"

Apple TV+ libera vídeo de making of de "A Tragédia de Macbeth"

Posts Relacionados