O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

REvil

REvil: grupo que tentou extorquir a Apple é preso na Rússia

O Serviço de Segurança Federal Russo (FSB) anunciou hoje a prisão dos últimos integrantes da REvil, uma organização criminosa especializada em ataques ransomware conhecida vazar dados/esquemas dos MacBooks Pro de 14 e 16 polegadas. As informações são da Reuters.

Publicidade

Segundo o FSB, 14 pessoas foram detidas após as autoridades russas conduzirem operações em mais de 25 localidades das regiões de Moscou, São Petersburgo, Leningrado e Lipetsk. Além das prisões, o órgão apreendeu cerca 426 milhões em rublos, 500 mil em euros e 600 mil em dólares americanos, além de 20 carros de luxo.

No comunicado, o FSB destacou que a operação teve início após um pedido do governo dos Estados Unidos que, segundo eles, já foi informado sobre o caso. Nenhum dos criminosos com cidadanias russas serão entregues aos EUA, no entanto. Se condenados, eles poderão pegar de até sete anos de prisão.

Em novembro, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos havia anunciado a prisão de outros dois integrantes do REvil, localizados em parceria com agências de segurança de uma série de países. No mesmo mês, o governo americano chegou a oferecer uma recompensa de até US$10 milhões para quem revelasse informações referentes ao REvil.

Além do caso de extorsão envolvendo a Apple, o grupo também está envolvido em outros 12 ataques registrados no últimos anos a empresas, incluindo um contra a brasileira JBS S.A.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Imagem de "The Tragedy of Macbeth"

Apple TV+ libera vídeo de making of de "A Tragédia de Macbeth"

Próximo Artigo
Mulher segurando um iPad Pro

Apple teria desistido de iPad Pro com traseira de vidro

Posts Relacionados