O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPhone com EarPods e vários apps de música: Apple Music, Spotify, YouTube Music, Shazam, TIDAL, Deezer, Pandora e mais
Tada Images / Shutterstock.com

Atrás do Spotify, Apple Music tem 15% do mercado de streaming

O Apple Music é o segundo serviço de streaming de música mais popular do mundo, mas continua muito atrás do Spotify em sua busca contínua pelo domínio do mercado.

Publicidade

Como muitos devem saber, já faz um bom tempo desde que a Apple não divulga o número de assinantes do seu serviço de música (bem como de todos os outros), portanto os dados vêm de uma nova pesquisa da Midia Research — a qual apontou que, no geral, o mercado de streaming possuía 523,9 milhões de assinantes (somando todos os serviços) no segundo trimestre de 2021.

Pesquisa da Midi Research sobre serviços de streaming

Como dissemos, a Apple ocupa o segundo lugar no ranking, com 15% do mercado, atrás apenas do Spotify, o qual possui 31% de participação global. Amazon Music e Tencent Music conquistaram um market share de 13% cada, enquanto o YouTube Music possui 8% das assinaturas em todo o mundo.

De acordo com a pesquisa, o Amazon Music superou novamente o Spotify em termos de crescimento (25% contra 20%, respectivamente), no entanto o YouTube Music foi o destaque pelo segundo ano consecutivo, crescendo mais de 50% nos 12 meses que antecederam o segundo trimestre de 2021.

Publicidade

O YouTube Music foi o único serviço ocidental a aumentar a participação no mercado global durante esse período. O YouTube Music ressoa particularmente entre a Geração Z e os Millennials mais jovens, os quais devem ter alarmes soando para o Spotify, já que sua base principal de assinantes Millennials da década de 2010 está começando a envelhecer.

Vale notar que, no último ano, a Maçã implementou novos recursos no Apple Music que tornaram a experiência para assinantes ainda mais completa, como suporte para reprodução Lossless e Áudio Espacial.

O Apple Music conta com um catálogo de mais de 90 milhões de músicas e 30 mil playlists — muitas delas com suporte a Áudio Espacial (Dolby Atmos) e em altíssima definição, com áudio Lossless. No Brasil são três tipos de assinatura: Universitária (R$8,50/mês), Individual (R$16,90/mês) e Familiar (R$24,90/mês). Caso você não seja um assinante, pode testar o serviço de forma gratuita por um mês. Ele também faz parte do pacote de assinaturas da empresa, o Apple One.


Ícone do app Música
Música de Apple
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple Watches
Versão 2.6 (1.9 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Como adicionar um relógio ao protetor de tela do Mac

Próximo Artigo
iOS 15

Apple revela novas vulnerabilidades corrigidas no iOS 15

Posts Relacionados