O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Logos da ARM e da NVIDIA

Após oposições, NVIDIA teria desistido de comprar a Arm

O negócio, de US$40 bilhões, parece ter ido por água abaixo

Lá se vai mais de um ano desde que a NVIDIA anunciou suas intenções de adquirir a Arm por módicos US$40 bilhões — uma operação que, se concretizada, tornaria a empresa um dos nomes mais poderosos do universo dos microchips (mais do que já é, no caso) e detentora de inúmeras patentes utilizadas por basicamente todas as empresas tecnológicas do planeta, incluindo a Apple.

Publicidade

Entretanto, parece que o gato subiu no telhado: de acordo com a Bloomberg, a NVIDIA está se preparando para desistir formalmente da aquisição. A empresa já teria comunicado a parceiras que “não espera que o negócio seja concluído”, mostrando que a toalha foi definitivamente jogada.

O revés na operação foi causado por uma série de fatores. Desde o primeiro momento, a notícia da aquisição foi vista com preocupação por concorrentes e órgãos reguladores do mundo inteiro — especialmente porque a Arm construiu um império projetando chips (e arquiteturas de chips) indistintamente para empresas do mundo inteiro, e a compra pela NVIDIA poderia representar uma reversão neste movimento.

Diversos países e grupos econômicos, como os Estados Unidos, a União Europeia e o Reino Unido, expressaram preocupações com o prospecto e ameaçaram a NVIDIA com investigações e possíveis sanções caso as etapas da aquisição fossem adiante — a FTC (Federal Trade Commission, ou Comissão Federal de Comércio dos EUA) chegou a ameaçar um processo por monopólio e supressão de concorrência para evitar a concretização da compra.

Publicidade

Caso o negócio seja de fato cancelado, estima-se que a NVIDIA perderá cerca de US$1,25 bilhão por conta do cancelamento de contratos e outras despesas já realizadas no processo. Do outro lado, a SoftBank — atual dona da Arm — prepara-se para fazer uma oferta inicial de ações (IPO) da empresa no mercado, o que poderia ser uma forma alternativa de se desprender da companhia de uma forma relativamente lucrativa.

O fato é que, até o momento, nada foi oficializado: NVIDIA e SoftBank afirmam que continuam “esperançosas” de que as negociações poderão avançar. Por debaixo dos panos, entretanto, parece que o leite já está derramado.

via The Verge

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
AirTag

AirTag frustra plano de criminosos que venderam veículo roubado

Próximo Artigo
Apple Pay no Chile

Apple Pay também chegará em breve ao Chile

Posts Relacionados