O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Western Digital e Kioxia perdem 6,5 exabytes de chips NAND

O incidente deve ter impacto direto no preço de SSDs no mercado
Western Digital
Tada Images / Shutterstock.com

A Western Digital e a Kioxia anunciaram na última quarta-feira (9/2) a perda de cerca de 6,5 exabytes (ou 6,5 milhões de terabytes) em chips 3D NAND (BICS) devido a uma contaminação de componentes em duas de suas linhas de produção no Japão. Ambas as empresas estão entre as principais fornecedoras desse tipo de chip — utilizado na fabricação de SSDs1 — e representam cerca de 30% de todo o mercado.

Publicidade

Segundo a TrendForce, o prejuízo poderá causar um aumento de até 10% nos preços de componentes flash NAND já no segundo trimestre de 2022. Os 6,5EB perdidos representam cerca de 13% de toda a produção prevista para o grupo neste trimestre e 3% de todas as entregas para o ano.

Hideki Yasuda, analista do Ace Research Institute, afirmou à Bloomberg que o incidente, o qual agora se soma à atual escassez global de chips, terá um impacto direto nos preços de SSDs no mercado.

Embora a Apple tenha usado com certa frequência nos últimos anos componentes feitos pela Samsung, ela tem intensificado o uso de unidades de estado sólido fabricadas pela Kioxia em Macs equipados com o chip M1 [Pro/Max]. As iterações mais recentes do iPhone, do iPad e até mesmo do Apple Watch também contam com componentes fornecidos pela empresa japonesa.

Publicidade

Vale notar que essas empresas costumam negociar a compra desses componentes com bastante antecedência, o que pode, pelo menos por ora, evitar impactos mais imediatos. Desta forma, é improvável que a Maçã suba os preços de seus produtos em decorrência do incidente, mas é possível que a empresa sofra com um aumento nos custos na produção de seus dispositivos no futuro.

A WD e a Kioxia (que já fez parte da Toshiba) ainda não divulgaram a causa da contaminação, e também não deram uma previsão de quando a produção deverá ser normalizada. As fábricas em questão estão localizadas nas cidades de Yokkaichi e Kitakami.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Trabalhadores numa fábrica

Foxconn aponta que escassez de chips está diminuindo

Próximo Artigo
Divulgação de "The Problem with Jon Stewart"

Série com Jon Stewart ganhará novos episódios no Apple TV+ em março

Posts Relacionados