O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Áudio Espacial no app Portal

Apple Music revela primeiros dados sobre o Áudio Espacial

Oito meses após seu lançamento, o Áudio Espacial (Spatial Audio) do Apple Music parece estar fazendo um sucesso considerável na plataforma de streaming da Maçã. Em um novo artigo publicado pela Billboard, executivos da Apple compartilharam alguns dos primeiros dados referentes ao recurso, os quais trazem números animadores a respeito do futuro da tecnologia.

Publicidade

De acordo com artigo, a Apple declarou que a maioria de seus assinantes já experimentaram o Áudio Espacial alguma vez, com o número de ouvintes aumentando em 50% desde setembro. O número de faixas compatíveis com o modo imersivo, por sua vez, quadruplicou desde o seu lançamento que, na época, contava com apenas algumas milhares de músicas. Esse avanço representou um crescimento de 125% nas reproduções de faixas em Áudio Espacial.

Baseado na tecnologia Dolby Atmos, o Áudio Espacial tem sido a grande aposta da Apple para diferenciar seu serviço de músicas da concorrência. Lançado simultaneamente com o Áudio Lossless, o recurso teve muito mais apelo com o público em geral do que o modo de reprodução sem perda de qualidade, focado em assinantes audiófilos.

Oliver Schusser, vice-presidente do Apple Music e da Beats, afirmou que o Áudio Lossless tem ganhado bastante atenção na indústria, mas reconheceu a maior popularidade do Áudio Espacial:

Publicidade

Temos todas as músicas em Lossless entregues para nós pela indústria disponíveis no nosso catálogo, mas o desafio é que nem todo headphone no mundo é capaz de reproduzi-las por Bluetooth ou qualquer outra conexão sem fio, e essa é de longe a forma que as pessoas mais escutam música hoje em dia.

Embora ainda não tenha se tornado o formato majoritário no Apple Music, o Áudio Espacial tem crescido cada vez mais nos rankings do serviço. Desde o começo do ano, o recurso tem se mostrado presente em 37% das músicas destacadas no Top 100 diário mundial do streaming, enquanto 42% das faixas presentes no Top 100 dos Estados Unidos — um dos maiores mercados do Apple Music — já contam com o suporte para o modo imersivo.

Schusser também destacou a qualidade das mixagens das músicas disponíveis em Áudio Espacial no catálogo do Apple Music, principalmente em comparação com caráter experimental do início da tecnologia Dolby Atmos.

Nós escutamos todas as músicas em Áudio Espacial que chegam até nós e tentamos nos envolver com as pessoas que fazem as mixagens durante o processo […].

De acordo com a Maçã, artistas que relançaram suas músicas em Áudio Espacial nos últimos tempos viram crescimentos de até 50% de suas reproduções no Apple Music. Entre os nomes que já atualizaram parte de suas obras para o novo recurso, estão The Beatles, The Weekend, Billie Eilish, Taylor Swift, J. Cole, Post Malone e Katy Perry.

Publicidade

Tanto a Apple quanto a Dolby confirmaram que estão trabalhando com as principais montadoras de automóveis do mercado para levar o Dolby Atmos também aos carros, que ainda estão limitados a sistemas estéreo. Isso, no entanto, ainda deverá demorar, pelo menos, cinco anos até se tornar a norma entre os veículos nas ruas, notou o artigo.

O Apple Music conta com um catálogo de mais de 90 milhões de músicas e 30 mil playlists — muitas delas com suporte a Áudio Espacial (Dolby Atmos) e em altíssima definição, com áudio Lossless. No Brasil são três tipos de assinatura: Universitária (R$11,90/mês), Individual (R$16,90/mês) e Familiar (R$24,90/mês). Caso você não seja um assinante, pode testar o serviço de forma gratuita por um mês. Ele também faz parte do pacote de assinaturas da empresa, o Apple One.


Ícone do app Música
Música de Apple
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple Watches
Versão 2.6 (1.9 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Betas do iOS 15, do iPadOS 15, do macOS Monterey, do watchOS 8 e do tvOS 15

iOS 15.4, iPadOS 15.4, macOS 12.3, watchOS 8.5 e tvOS 15.4 ganham terceiras betas

Próximo Artigo

Apple TV+: New England Patriots terá docussérie "The Dynasty"

Posts Relacionados