O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Veja 6 produtos que a Apple poderia matar em 2022

Como empresa mais valiosa do mundo, a Apple certamente conta em seu portfólio com muitos produtos bons — e que certamente fazem a diferença na vida de seus usuários.

Publicidade

Porém, como acontece com qualquer empresa, a Maçã também conta com aqueles produtos que — como diz o bom ditado popular — “já deram o que tinham que dar”, seja porque não se fazem mais necessários como outrora ou até mesmo porque nunca chegaram a conquistar o público de fato.

O pessoal da Macworld preparou uma lista interessante com seis produtos que muitos “gostariam” que fossem descontinuados pela empresa em 2022. Vamos dar uma conferida na seleção?

iPod touch

Quando lançou o iPhone, a Apple viu seu até então carro-chefe, o iPod, perder terreno ano após ano para o seu até hoje principal produto. Logo no primeiro ano do seu smartphone, visando dar alguma sobrevida ao player, a empresa incorporou as principais tecnologias de seu novo produto a ele, lançando o iPod touch.

Publicidade

Ideal para quem quer apenas um dispositivo exclusivamente dedicado a multimídia (fotos, jogos, reprodução de vídeos, acesso à internet, etc.) e não faz questão nenhuma de estar conectado a uma rede móvel, o aparelho já teve sete gerações lançadas (a última foi em 2017). E, bem… deveria acabar por aí.

iPod touch

Com um processador para lá de defasado e uma câmera de apenas 1,2 megapixel, o aparelho é fraco “mesmo para uma criança que quer jogar jogos do Apple Arcade“, como diz a Macworld.

Apple TV HD

Se há discussões atualmente até sobre a necessidade de se adquirir uma set-top box com o avanço dos sistemas nativos das principais smart TVs, imagine comprar um produto caro, com suporte a resolução de imagem HD e com um processador que não é atualizado desde 2015?

É o caso da Apple TV HD, que ainda é produzida e comercializada pela Maçã, mesmo com a empresa tendo dado um maior enfoque à Apple TV 4K nos últimos anos. Além disso, o produto custa “apenas” R$400 a menos que a versão mais pomposa, o que diminui ainda mais a necessidade da Apple de mantê-lo em seu portfólio.

iPad Pro de 11″

Todo mundo sabe o quão excelente e poderosa é toda a linha iPad Pro. Tratam-se de produtos com um excelente processador, recursos sofisticados e exclusivos em relação aos demais — como o Face ID e o chip M1, que equipa computadores.

Publicidade

Porém, mesmo sem esses destaques, o iPad Air de 10,9 polegadas também consegue obter um ótimo desempenho custando um pouco menos, sendo tão poderoso e capaz (na maioria das vezes) quanto o seu irmão mais “badalado”.

Com isso, faz muito mais sentido a Apple manter apenas o iPad Air, enquanto investe em telas ainda maiores para a linha Pro. Há rumores, inclusive, de que será lançado um tablet maior que o atual de 12,9″.

Apple Watch Series 3

Quando a Apple lançou o Apple Watch SE, em setembro de 2020, muita gente imediatamente imaginou que o Series 3 passaria a não ser mais fabricado pela empresa. Pois bem, nem naquele ano e nem em 2021 (quando foi lançado o Series 7), isso aconteceu!

Tendo sido lançado em 2017, o Apple Watch Series 3 conta com o visual original do relógio, não tem suporte a uma série de mostradores atuais (devido à sua pequena tela), e muito menos sensores como o de oxigênio no sangue, EGG ou recursos como Tela Sempre Ativa e Detecção de Queda (este último presente no SE). Sem falar, é claro, nos problemas que o pouquíssimo espaço dele gera.

Publicidade

Não dá mais, né?

MacBook Pro de 13″

Quase idêntico ao mais recente MacBook Air em termos visuais, o MacBook Pro de 13″ virou um item desnecessário no portfólio da Apple com o lançamento das versões de 14″ e 16″, no ano passado. Embora haja fortes rumores de que ele ganhará uma nova geração, definitivamente essa é uma máquina que não faria falta.

Novo MacBook Pro de 13 polegadas rodando o Affinity Photo

Com tantas portas quanto seu irmão mais barato e usando o mesmo processador, o que o diferencia da linha Air é basicamente a ventoinha, a Touch Bar e uma tela um pouco melhor. Em termos de desempenho, no entanto, o computador mais barato da Maçã pode tranquilamente “segurar as pontas” no mercado de entrada de Macs.

Rodinhas do Mac Pro

Antes de virar meme com o seu pano de polimento que custa R$220, a Apple viralizou ao colocar à venda rodinhas para Mac Proas quais custam “apenas” R$7 mil.

Rodas do Mac Pro

Como a empresa vai lançar o Mac Pro com Apple Silicon neste ano, vamos torcer para que esse “detalhe” não precise ser comprado à parte, não é mesmo?


E aí, o que acharam da lista? Adicionariam mais algum produto a ela? 🤔

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Filme - Spirit: O Indomável

Filmes da semana: compre "Spirit: O Indomável", da DreamWorks, além de vários outros títulos por R$9,90!

Próximo Artigo
TikTok no iPhone

Saiba como alterar o nome de usuário no TikTok [iPhone e iPad]

Posts Relacionados