O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPhone SE
FR24 News

Novo iPhone SE poderá ter preço menor, a partir de US$300

Seria a forma da Apple competir com os — cada vez mais interessantes — Androids intermediários

Ao que tudo indica, estamos próximos de conhecer a terceira geração do iPhone SE — os rumores mais recentes indicam que o próximo evento da Apple acontecerá no dia 8 de março, o que poderá se confirmar (ou… não) com um convite amanhã.

Publicidade

As principais novidades da nova geração já são conhecidas de longa data pela indústria de rumores: ao que tudo indica, o aparelho terá o 5G e um processador atualizado (o A15 Bionic, provavelmente) como principais chamarizes, mas manterá o design e tela atuais. Pois no fim da semana passada, o analista John Donovan, da Loop Capital Markets, chegou com mais um prospecto bastante interessante: um preço ainda menor.

De acordo com Donovan, a Apple poderá lançar o iPhone SE de terceira geração por US$300 em seu modelo mais barato. A versão atual do smartphone parte dos US$400 nos Estados Unidos.

A lógica do analista é que a Apple precisa continuar competindo no — cada vez mais aquecido — mercado de smartphones intermediários. No universo do Android, opções cada vez mais interessantes surgem na faixa dos US$300, e se a Maçã conseguisse oferecer uma opção de smartphone 5G por este preço, muitos consumidores ficariam balançados. Atualmente, o aparelho 5G mais barato da empresa é o iPhone 12 mini, de US$600.

Publicidade

Embora não seja possível cravar como a (suposta) redução traduzir-se-ia no Brasil, é de se esperar que, caso concretizada, o iPhone SE de terceira geração chegaria por aqui com um valor menor do que o atual — afinal de contas, o dólar está em queda nos últimos meses. Atualmente, o iPhone SE de segunda geração parte dos R$3.700 no Brasil, desconsiderando os (frequentes) descontos de varejistas.

iPhone SE atual a US$200?

Este não é um rumor, e sim uma sugestão de Mark Gurman, da Bloomberg: o repórter levantou a possibilidade da Apple continuar vendendo o iPhone SE de segunda geração por um preço ainda menor: US$200.

Tal aparelho seria a “entrada da entrada” no universo de iPhones e permitiria à Maçã ocupar espaços ainda maiores em mercados emergentes e sub-desenvolvidos, chegando até mesmo a locais onde ainda quase não tem penetração, como os países da África.

Publicidade

No Brasil, creio eu, tal opção também poderia ser extremamente popular — afinal de contas, mesmo com um design e recursos relativamente defasados e uma bateria pouco atraente, o aparelho ainda é uma porta de entrada para o ecossistema do iOS e tem um processador que não deve em nada àqueles utilizados nos Androids intermediários, muito pelo contrário.

O que vocês acham?

iPhone SE

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via Gizchina.com

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Possível esquema do "iPhone 14 Pro"

Possível esquema do "iPhone 14 Pro" mostra recortes maiores do que o esperado

Próximo Artigo
Apple Watch monitorando batimentos cardíacos

"Apple Watch Series 8" trará grandes aprimoramentos no monitoramento de atividades, diz Gurman

Posts Relacionados