O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple Park na Wallpaper*

Agora vai? Apple marca para 11/4 volta aos escritórios nos EUA

O retorno ocorrerá seguindo um modelo híbrido e gradual, segundo Tim Cook

A novela do retorno aos escritórios da Apple nos Estados Unidos, após vários prazos e adiamentos por conta da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), pode estar enfim chegando ao fim: de acordo com Mark Gurman, da Bloomberg, a Maçã estabeleceu o dia 11 de abril próximo como prazo para retorno dos seus funcionários ao trabalho presencial — ou híbrido, ao menos inicialmente.

Publicidade

Como já havia anunciado anteriormente (e posteriormente adiado), a Apple fará um chamado “piloto de trabalho híbrido”. A partir de 11/4, seus funcionários precisarão trabalhar presencialmente pelo menos uma vez por semana; três semanas depois, a frequência aumentará para duas vezes na semana.

Já em 23 de maio, o trabalho presencial passará a ocorrer três vezes na semana, às segundas, terças e quintas-feiras. Ainda não há informações se, posteriormente, a Apple retomará o trabalho 100% presencial ou se manterá o modelo híbrido indefinidamente.

Em um memorando distribuído internamente, o CEO1 Tim Cook reconheceu que o retorno aos escritórios traz sentimentos mistos: para alguns, “representa um marco há muito aguardado e um sinal positivo de que poderemos interagir mais fortemente com colegas que representam um papel importante” nas vidas dos funcionários. Para outros, o retorno pode ser “uma mudança inquietante”.

O executivo afirmou ainda que, ao longo dos últimos dois meses, a Apple aprendeu muito sobre os benefícios do trabalho remoto e tem estudado as melhores formas de combinar as vantagens de ambos os modelos.

Publicidade

O retorno gradual vale para todos os funcionários da Apple nos EUA — exceto, claro, para o pessoal do varejo, que já retornou ao trabalho presencial há bastante tempo; ainda não há informações sobre como a Maçã lidará com esse retorno internacionalmente.

O fato é que, pelo visto, agora vai: as taxas de infecção da COVID-19 estão caindo e, sem o surgimento de nenhuma nova variante (*bate na madeira três vezes*), a Apple já está relaxando alguns protocolos de segurança, como o fim da obrigação do uso de máscaras entre os funcionários das suas lojas e o retorno das sessões presenciais do Today at Apple. Como é bom termos um pequeno sinal de volta à vida normal, não é mesmo?

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Disney+ na TV

Disney+ anuncia plano mais barato com anúncios

Próximo Artigo
Capa do MacMagazine no Ar #465

MacMagazine no Ar #465: evento em 8 de março, esquema do "iPhone 14 Pro", Apple na Rússia e mais!

Posts Relacionados