O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple facilita doações para famílias da Ucrânia (inclusive em R$)

Doação para a Unicef

A Apple, como temos informado, é uma das empresas que está aplicando duras sanções à Rússia após a invasão à Ucrânia. Não apenas isso: a Maçã também está promovendo ações para ajudar na crise humanitária que se instaurou no país invadido desde o início do conflito.

Publicidade

Entre essas ações, a empresa americana disponibilizou em seu site oficial um link para que pessoas possam fazer doações para as famílias afetadas pela crise na Ucrânia.

A Apple, no entanto, não será a responsável por “entregar” o dinheiro diretamente às famílias afetadas, já que 100% das doações irão para a Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) dos Estados Unidos.

Embora o banner com o link para a doação não esteja disponível (ainda?) no site brasileiro, é perfeitamente possível realizar a doação por aqui (inclusive, pagando em reais).

Publicidade

Ao acessar apple.com e clicar no link, o usuário é direcionado para uma página de pagamento no app Música (em Macs), na iTunes Store (em iPhones) e no iTunes (em PCs).

Infelizmente, a doação não pode ser realizada sem um desses apps, de modo que usuários que contam com um computador Windows sem o iTunes instalado não terão nenhuma resposta ao clicar no link do site da Maçã.

Envolvimento grande

Esta não é a única ação da Apple até aqui direcionada à crise na Ucrânia. Em uma carta à equipe nesta semana, Tim Cook anunciou que “igualaria doações de funcionários a organizações elegíveis que ajudam na Ucrânia numa taxa 2:1”.

Publicamente, vale recordar, o CEO1 deixou clara a preocupação da empresa com a situação no país europeu e afirmou que a Maçã está fazendo o possível para apoiar “os esforços humanitários locais”.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Mac mini com chip Apple A1 visto de cima em frente a Pro Display XDR

Versão "Pro" do Mac mini poderá se chamar "Mac Studio"

Próximo Artigo
Quadro da série "See"

Apple TV+ renova contrato com showrunner de "See"

Posts Relacionados