O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

M1 Ultra é o novo e superpoderoso chip da Apple para desktops

Imagem hero do chip M1 Ultra

Continuando com as novidades do evento especial desta terça-feira, a Apple surpreendeu a todos não com um chip “M2” (ainda?), mas com mais um integrante da família do M1: o M1 Ultra, o irmão superpoderoso — sim, ainda mais do que o M1 Max — e dedicado a desktops.

Publicidade

Na prática, o que temos aqui é um design que já vinha sendo ventilado em rumores: com uma tecnologia chamada UltraFusion, a Apple foi capaz de conectar dois M1 Max juntos — mas não como dois chips separados, e sim como uma unidade de processamento que atinge níveis quase incomparáveis na indústria.

Mais precisamente, a Apple promete 4x a largura de banda de outras tecnologias de conexão de chips, com uma comunicação interprocessadores de 2,5TB/s. Temos aqui 114 bilhões de transistores, e uma memória de largura de banda de 800GB/s. São 16 núcleos de alta performance e 4 núcleos de eficiência, totalizando 20 núcleos de CPU. A GPU1 tem 64 núcleos, enquanto o Neural Engine tem 32. Temos suporte a até 128GB de memória unificada.

Como isso se traduz na prática? Segundo a Apple, o M1 Ultra tem performance 8x superior à do M1 “comum” ou 90% superior em relação a chips comparáveis da concorrência — gastando 100W a menos de energia, aliás.

A integração com o macOS também é um destaque: o sistema é capaz de se escalar automaticamente para aproveitar todo o poder do M1 Ultra, dando aos desenvolvedores um novo horizonte de possibilidades nas áreas de renderização, edição de vídeo, desenvolvimento, cálculos complexos e muito mais, tudo muito mais rápido e com gasto energético muito menor.

O M1 Ultra chegará primeiro ao Mac Studio — mas isso é assunto para o próximo artigo. Fiquem ligados!

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPad Air de quinta geração voando, em todas as cores

Novo iPad Air tem chip M1, Palco Central e 5G

Próximo Artigo
Mac Studio de frente

Apple lança Mac Studio com chip M1 Ultra e design à la Mac mini

Posts Relacionados