O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

ScreenRant
Ilustração do chip "A16 Bionic"

Só os modelos Pro da linha “iPhone 14” ganharão o chip “A16”, diz Ming-Chi Kuo

Já há alguns dias, o analista Ming-Chi Kuo está comentando ativamente os possíveis futuros planos da Apple e, ontem, ele compartilhou detalhes interessantes sobre os “iPhones 14”.

Publicidade

Até agora, várias fontes (inclusive Kuo) já sugeriram que a Apple poderá lançar dois modelos com telas de 6,1 polegadas e dois com telas de 6,7″. Kuo disse que o modelo não Pro de 6,7″ poderá ser chamado de “iPhone 14 Max”, com base no esquema de nomenclatura da empresa. Ele será acompanhado pelo “iPhone 14″ (com tela de 6,1″), outro modelo de 6,1” chamado “iPhone 14 Pro” e pelo “iPhone 14 Pro Max”, também com 6,7″.

Mais importante do que a possível nomenclatura, porém, são as supostas especificações dos dispositivos — e Kuo afirmou que apenas os modelos topos-de-linha (Pro) contarão com o chip “A16”, enquanto os modelos normais manterão o chip A15 Bionic, presente nos iPhone 13. Segundo o 9to5Mac, fontes independentes também puderam corroborar essa informação.

Vale notar que isso seria uma mudança significativa do que a Apple vem fazendo já há várias gerações de iPhones. De fato, a última vez que a empresa fez isso foi em 2013, quando o iPhone 5s veio com o chip A7, mas o iPhone 5c, mais barato, tinha o chip A6 — ainda que eles não fossem exatamente da “mesma geração”.

Ainda de acordo com Kuo, todos os quatro modelos contarão com 6GB de RAM1, com os modelos Pro incorporando chips do tipo LPDDR5, mais rápidos, enquanto os “iPhones 14” e “iPhone 14 Max” poderão contar com chips LPDDR4X.

O jornalista Mark Gurman, da Bloomberg, repercutiu a declaração de Kuo, apontando que essa previsão pode explicar o motivo de o novo iPad Air, lançado na semana passada, ter ganhado um chip M1 — ou seja, diferentemente de anos anteriores, o Air ganhou um chip como o do iPad Pro (e Macs) e não como o do iPhone.

Inicialmente, a diferença entre os modelos Pro e não Pro estava principalmente na qualidade de construção, na tela e na câmera — no entanto, pode ser que a Apple esteja pensando em aumentar ainda mais a distinção entre os modelos…

Publicidade

Se isso realmente vier a se concretizar, muito provavelmente se tornará um padrão daqui em diante. Ou seja, os “iPhones 15” normais passariam para o chip “A16”, enquanto os modelos Pro do ano que vem pularão pro “A17”. E assim por diante.

iPhones 13 Pro e 13 Pro Max iPhones 13 e 13 mini

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Instagram

Como ocultar seus Stories para certas pessoas no Instagram [iPhone]

Próximo Artigo
Mac mini M1

Novo Mac mini poderá manter o design atual

Posts Relacionados