O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Trabalhadores numa fábrica
Nikkei

COVID-19: Foxconn retoma produção de iPhones na China

A Foxconn retomou parcialmente as operações em Shenzhen, na China, após um aumento nos casos do novo Coronavírus (COVID-19) na região — o que resultou no fechamento do comércio e de boa parte da atividade industrial.

Publicidade

De acordo com informações da Bloomberg, os dois campi da Foxconn em Shenzhen, um dos quais fabrica iPhones, retomarão parcialmente suas atividades após a empresa taiwanesa obter a aprovação das autoridades para voltar a operar a partir de um formato conhecido como “circuito fechado”, o qual busca isolar os funcionários de infecções.

Esse sistema, que só pode ser feito em campi que incluem alojamentos para funcionários e instalações de produção, segue “diretrizes rígidas da indústria e políticas de gerenciamento de circuito fechado emitidas pelo governo de Shenzhen”, segundo a Foxconn. Ademais, a empresa afirma que “está acompanhando de perto e aplicando as medidas de prevenção à pandemia do governo”.

A Bloomberg observa que isso é semelhante ao sistema usado nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim.

Publicidade

Atletas e funcionários relacionados aos Jogos foram mantidos separados do público em geral, apenas autorizados a viajar entre os locais esportivos e seus hotéis por meio de transporte designado. O sistema foi bem-sucedido em impedir qualquer propagação da COVID-19 dos Jogos na China.

O governo local disse no início da semana que permitiria que as fábricas operassem no formato de “bolha” — no qual os trabalhadores viajam apenas das residências da empresa para as fábricas e são testados regularmente – como forma de limitar as consequências do lockdown para os negócios.

Além da reabertura parcial, a Foxconn já havia começado a usar plantas de backup fora da área de bloqueio para reduzir as perdas de produção.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
App Livros

Como compartilhar o trecho de um livro no app Livros [iPhone, iPad e Mac]

Próximo Artigo
"Ted Lasso" no Apple TV+ em um iPhone

Apple TV+ tem 5,6% do mercado de streaming global

Posts Relacionados