O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Raylene Hackenwerth, idosa que descobriu câncer com ajuda do Apple Watch

Apple Watch salva idosa após queda e ajuda a descobrir câncer

Agora, ela considera o reloginho o “melhor presente de Natal que já ganhou”

Raylene Hackenwerth, 71 anos, poderia ser apenas mais uma nas (ótimas) estatísticas de pessoas cujas vidas foram salvas com uma ajuda do Apple Watch. Mas, no caso da idosa residente de St. Petersburg (Flórida, Estados Unidos), a mãozinha do relógio da Apple foi além.

Publicidade

Como informou o ABC Action News, Raylene sofreu uma queda em casa no dia 3 de março enquanto usava o seu Apple Watch — um presente de seu filho Jason, pensado para ajudar a mãe nos exercícios físicos.

O recurso Detecção de Queda entrou em ação e notificou Jason, que estava no banho e não viu o alerta na hora do ocorrido. O Apple Watch, então, seguiu seus protocolos e entrou em contato automaticamente com os serviços de emergência, informando a geolocalização, a latitude e a longitude do acidente. Raylene, enquanto isso, estava muito debilitada e quase inconsciente.

Alertados sobre a situação, os paramédicos se dirigiram até a casa de Raylene e a levaram para o hospital. A queda em si não causou grandes problemas, mas enquanto faziam os exames devidos, os médicos descobriram um nódulo suspeito no pulmão da idosa. O diagnóstico foi rápido: câncer.

Publicidade

Agora, Raylene aguarda o início do seu tratamento e agradece a existência do Apple Watch — afinal de contas, não fosse o relógio, a queda provavelmente não renderia uma visita ao hospital e o câncer demoraria sabe-se lá quanto tempo a mais para ser descoberto. Ela considera o relógio “um dos melhores presentes de Natal que já ganhou”.

Que bom, portanto, que está tudo bem — e muita saúde para Raylene no seu tratamento!

Apple Watch Series 7 Apple Watch SE

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Bandeira da União Europeia

União Europeia está perto de aprovar lei "anti-App Store"

Próximo Artigo
MacBook Pro de 2021

MacBook com tela OLED poderá chegar em 2025, diz Ming-Chi Kuo

Posts Relacionados