O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Vladimka production / Shutterstock.com
Caixas de iPhone e iPad

Imposto de importação sobre eletrônicos tem novo corte de 10%

Será que vem aí um novo reajuste nos preços dos produtos da Apple no Brasil?

Há quase exatamente um ano, o Ministério da Economia anunciou uma redução de 10% no imposto de importação cobrado sobre uma série de bens trazidos ao Brasil — entre eles, eletrônicos como smartphones e computadores. Pois hoje, mais um corte foi anunciado — novamente de 10%.

Publicidade

A medida, divulgada pela Câmara de Comércio Exterior (Camex) do Ministério da Economia, vale para os mesmos itens que tiveram redução do imposto no ano passado: os chamados bens de capital (BK), como máquinas industriais e equipamentos de produção, e os bens de informática e telecomunicações (BIT), como computadores e smartphones.

Com a nova redução, o corte acumulado no imposto de importação desses produtos chega a 20%. Até o início de 2020, o imposto máximo sobre os bens contemplados pelo corte chegava a 16%; com a primeira redução, em março passado, a alíquota máxima passou a ser de 14,4%, e agora, com a nova queda, passou a ser de 12,8%.

A queda, naturalmente, vale para todas as faixas de impostos — os produtos sobre os quais incidem taxas de 10%, por exemplo, terão a alíquota reduzida para 8%. A ideia é reduzir a Tarifa Externa Comum (TEC) do Mercosul, facilitar a competitividade do mercado e estimular a geração de emprego e renda no Brasil — outra medida recente, da redução gradual do IOF até zero ao longo dos próximos anos, vai no mesmo caminho.

Publicidade

De acordo com as estimativas do Ministério da Economia, o novo corte nos impostos de importação acarretará numa renúncia fiscal de cerca de R$1 bilhão até o fim do ano — valor que, assim como na redução do IOF, não precisará ser compensado em outras partes das contas públicas por fazer parte dos chamados impostos regulatórios.

Resta saber, agora, se a nova redução significará um novo reajuste nos preços dos produtos da Apple em nosso país. Como sabemos, a Maçã reduziu ligeiramente os valores da maior parte do seu catálogo por aqui no início do mês; agora, com mais uma queda no imposto de importação, fica a expectativa para mais boas notícias nesse sentido. Aguardemos.

via Tecnoblog

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Beats Fit Pro abertos na mesa

Apple atualiza firmware dos Beats Fit Pro

Próximo Artigo
SpyBuster da MacPaw

SpyBuster: novo app protege usuários de ataques russos online

Posts Relacionados