O melhor pedaço da Maçã.
Rokas Tenys / Shutterstock.com
iPhones 13 em loja

Apple ainda reina entre os (crescentes) smartphones premium

A cada dez aparelhos acima de US$400 vendidos no mundo, seis são da Apple

A dominação da Apple no segmento de smartphones premium (definidos como aqueles que custam US$400 ou mais) já é consolidada, e os números mais recentes da Counterpoint Research mostram que a Maçã continua nadando de braçada nesse segmento — que está, como um todo, mais aquecido que nunca.

Publicidade

De acordo com a pesquisa, as vendas de smartphones premium cresceram 24% em 2021 em relação ao ano anterior — com isso, o segmento atingiu o maior número de vendas em sua história, e deu um salto bem maior que o do mercado geral de smartphones (que cresceu 7% na comparação ano a ano).

A fatia dos smartphones premium no mercado geral também está cada vez maior. Em 2016, 16% dos smartphones vendidos no mundo estavam nesta categoria; em 2021, este número alcançou 27%. A Counterpoint atribui esse crescimento a uma revitalização do segmento intermediário, com aparelhos cada vez mais promissores na faixa dos US$400-600, e a um interesse crescente dos consumidores por dispositivos com conectividade 5G.

Para a Apple, especificamente, as notícias são melhores ainda: dos 55% que detinha do mercado de smartphones premium em 2020, o market share da Maçã saltou para 60% no ano passado. Suas duas principais concorrentes, Samsung e Huawei, encolheram — a chinesa, como se sabe, continua numa trajetória descendente por conta das sanções dos Estados Unidos contra seus produtos, e a Counterpoint estima que a Apple será a principal beneficiada com o vácuo da empresa.

A Apple foi a empresa que mais vendeu smartphones premium em todas as regiões do planeta ao longo de 2021, incluindo a América Latina e outros mercados mais difíceis para a Maçã, como o Oriente Médio, a África e a Índia. A Samsung ocupou a vice-liderança em quase todas as regiões, exceto na China (Huawei) e na Índia (OnePlus).

Publicidade

A Counterpoint analisou também a penetração da conectividade 5G entre os aparelhos do segmento premium. No quarto trimestre de 2021, 91% dos aparelhos dessa faixa já contavam com a tecnologia — e é interessante notar como o lançamento dos iPhones 12, em 2020, foi o principal motor de popularização do 5G no universo dos smartphones mais caros.

Ficamos na expectativa, agora, dos próximos capítulos. O analista Varun Mishra, da Counterpoint, acredita que o lançamento de aparelhos dobráveis mais baratos poderá ser um grande motor de crescimento no segmento premium ao longo dos próximos anos — e “um dobrável da Apple seria um aceno à robustez da tecnologia”. Será?


Comprar iPhone 13 de Apple Preço à vista: a partir de R$4.949,10
Preço parcelado: a partir de R$5.499,00 em até 12x
Cores: azul, rosa, meia-noite, estelar, verde ou (PRODUCT)RED
Capacidades: 128GB, 256GB ou 512GB

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

“Seguindo”: Instagram anuncia a volta do feed cronológico

Próx. Post

Vídeo: dominando o app Tempo (Weather) do iPhone

Posts Relacionados