O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Câmera da Wyze

Falhas em câmeras de segurança da Wyze duraram 3 anos

A empresa de cibersegurança BitDefender identificou, nesta semana, vulnerabilidades de segurança em câmeras da fabricante Wyze que vêm sendo exploradas há… três anos!

Publicidade

De acordo com as informações, os problemas consistem-se de três falhas: brecha de autenticação, falha de controle remoto causada por exceder a capacidade e, o mais grave, acesso não autenticado ao cartão de memória SD dos dispositivos.

Essa última é a pior pelo potencial de causar ainda mais problemas. Além de tornar possível acessar o conteúdo presente nos cartões de memória, é neles que as chaves de autenticação das câmeras são salvas, estendendo o risco a todo o sistema das máquinas. Ainda, como lembra o 9to5Mac, pode ser que arquivos pessoais estejam no cartão SD, também expostos ao problema.

Em 2019, foi detectado um vazamento de dados de cerca de 2,4 milhões de clientes da Wyze. O ocorrido pode ter relação com as vulnerabilidades constatadas, tendo em vista que levou mais de dois anos para que o vazamento fosse resolvido. Em resposta às descobertas, a Wyze alegou que “valoriza a privacidade dos consumidores” e que está atenta a possíveis melhorias.

Publicidade

Uma atualização de software foi liberada corrigindo a falha, apesar do longo tempo em que ela esteve vigente — todavia, o modelo de câmera v1 não será contemplado com o update, tendo em vista que deixou de ser comercializado e teve seu período de “fim de vida” anunciado em 2018. Segundo a fabricante, a recomendação é que usuários façam a troca por algum dos modelos mais recentes.

Que coisa…

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Cena de "CODA"

Audiência do Apple TV+ sobe 25% após Oscar de "CODA"

Próximo Artigo
App Buscar no iPhone

Assaltante tira selfie e é rastreado após furtar iPhone

Posts Relacionados