O melhor pedaço da Maçã.
New Africa / Shutterstock.com
Telegram

Justiça dá 30 dias para que Telegram e Signal se regularizem

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPRJ) deram um prazo de 30 dias para que os mensageiros Telegram e Signal corrijam irregularidades em suas plataformas. Caso descumpram a determinação, ambos os serviços serão submetidos a multas diárias de R$100 mil.

Publicidade

Entre as mudanças estipuladas pelos órgãos, está a tradução para o português das políticas de privacidade de ambos os serviços, atualmente disponíveis apenas em inglês. Em um comunicado oficial, o MPRJ explica que a decisão pretende dar aos usuários um maior “conhecimento dos serviços prestados”, principalmente no que diz respeito ao modo como os dados pessoais são tratados e compartilhados.

É evidente a possibilidade de prejuízo aos consumidores que não possuem conhecimento em outro idioma, pois, ao receberem informações em inglês, estão impossibilitados de entender o teor e, por conseguinte, como se dá o acesso à informação sobre o uso e o compartilhamento de seus dados pessoais. Também há necessidade de ser identificado controlador brasileiro responsável, a quem se possa enviar eventual reclamação.

Ademais, para evitar novas punições, os mensageiros também terão que criar serviços de atendimento rápido aos consumidores, como previsto pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Essa decisão vem pouco tempo depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) determinar, entre outras coisas, que o Telegram abrisse uma representação oficial no Brasil.

O Telegram, vale notar, foi alvo da justiça brasileira recentemente após ignorar várias tentativas de contato do STF a respeito do combate à desinformação na plataforma. No entanto, essa é a primeira vez que o Signal também é incluso em uma determinação judicial no país. O prazo de 30 dias é válido desde o dia 25 de março.


Ícone do app Telegram Messenger
Telegram Messengerde Telegram FZ-LLC
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 10.14.2 (166.8 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App StoreCódigo QR Código QR

Ícone do app Signal - Messenger privado
Signal - Messenger privadode Signal Messenger, LLC
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 7.20 (148.5 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App StoreCódigo QR Código QR

via TecMundo

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Apple mobiliza lobby para lutar contra leis anti-LGBTQ+ nos EUA

Próx. Post

Versão clássica de Angry Birds é (re)lançada na App Store

Posts Relacionados