O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPhones SE de terceira geração na diagonal

Novo iPhone SE vai bem em teste de áudio do DXOMARK

Apesar do seu design reutilizado e da sua tela já um tanto ultrapassada, o iPhone SE de terceira geração ainda consegue competir com os principais smartphones do mercado em algumas categorias, e isso não se limita apenas ao poderoso chip A15 Bionic (o mesmo dos iPhones 13) que alimenta o aparelho.

Publicidade

Pelo menos é isso que indica o mais novo teste do DXOMARK, que recentemente colocou o smartphone de entrada da Maçã ao lado de competidores de peso para analisar a qualidade dos seus microfones e alto-falantes.

Vale lembrar que o iPhone SE traz um sistema de microfones embutidos e um conjunto de alto-falantes duplo compatível com tecnologias como Dolby Digital Plus — que, apesar de ser inferior ao encontrado em um iPhone 13 Pro Max, por exemplo, não deixa nada a desejar se comparado a outros aparelhos topos-de-linha, garantindo sua aprovação.

O quão bem o aparelho foi nos testes, portanto? Sem mais delongas, vamos à avaliação do DXOMARK.

Playback

Assim como seu antecessor, os alto-falantes do novo iPhone SE apresentaram um “bom desempenho de timbre” e uma “boa performance no volume máximo”, especialmente se comparado a competidores como o Google Pixel 6 e o Xiaomi 11T.

Publicidade

Os alto-falantes também se destacaram pela “pouca quantidade de artefatos” durante o playback, além apresentarem “boa performance dinâmica com ataques precisos”.

O DXOMARK, entretanto, apresentou duas desvantagens principais. A primeira delas diz respeito ao sistema estéreo do dispositivo que, por algum motivo, inverte a orientação do áudio durante a reprodução — problema que parece afetar toda a linha de iPhones. Além disso, o equilíbrio tonal do som parece sofrer com graves menos extensos.

Gravação de áudio

Os microfones do iPhone SE apresentaram um bom desempenho geral, com destaque especial para a gravação de vídeos (seja com a câmera frontal ou traseira) em testes que buscam simular situações de uso real.

Publicidade

O aparelho lida bem com obstruções como dedos tocando nos microfones e outras interferências, apresentando praticamente nenhum tipo de artefato nos áudios gravados. O aparelho também foi elogiado pelo bom balanço tonal das vozes e por seus agudos precisos.

Os microfones, contudo, ficaram para trás no que diz respeito à riqueza do graves — notavelmente menor do que o visto em seus competidores mais próximos. O iPhone SE também apresenta um volume baixo em relação à gravação de áudios pelo app Gravador.

Conclusão

Os alto-falantes do novo iPhone SE marcaram um total de 69 pontos, enquanto os microfones atingiram a marca dos 74 pontos. Esse desempenho foi o suficiente para colocar o mais novo smartphone da Maçã na 31ª posição do ranking global do site, empatado com aparelhos topos-de-linha como o Galaxy S21 e o Xiaomi 12 Pro, por exemplo.

Entre os aparelhos do ranking “high-end”, lista que inclui flagships e intermediários premium, o iPhone SE conseguiu ficar na 3ª posição, atrás apenas do Pixel 6 e do Mi 10S. Nada mau!

iPhone SE

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Vivaldi

Vivaldi ganha lista de leitura lateral, melhorias em privacidade e mais

Próximo Artigo
iOS 15.5

iOS 15.5 traz alerta para compras externas e mais novidades

Posts Relacionados