O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Tada Images / Shutterstock.com
YouTube

YouTube liberará PiP para usuários do iOS 15 nos próximos dias [atualizado]

Os testes do recurso enfim foram encerrados — mas ainda há perguntas a serem respondidas

Ao longo dos últimos anos, a saga do YouTube com o recurso Picture-in-Picture (ou PiP, para os íntimos) do iOS/iPadOS tem sido, digamos, rocambolesca. O serviço passou anos sem oferecer suporte ao recurso no iPad, e quando a Apple introduziu a funcionalidade nos iPhones, no iOS 14, o Google passou a fazer uma série de testes aleatórios, “ligando” e “desligando” o suporte diversas vezes para usuários do YouTube Premium.

Publicidade

Agora, pelo visto, parece que a novela há de acabar: respondendo a um usuário no Twitter, a equipe do YouTube anunciou que os testes foram encerrados e o recurso de Picture-in-Picture será liberado para todos os dispositivos rodando o iOS 15 “nos próximos dias”.

https://twitter.com/teamyoutube/status/1513174475612856324

Segundo a lista de recursos experimentais do YouTube, os testes do PiP foram definitivamente encerrados no último dia 8. Usuários que tentaram reativar a funcionalidade no app após essa data receberam um aviso de que “o recurso que você está tentando ativar foi desligado”, o que gerou suspeitas de que o Google teria matado definitivamente o suporte ao PiP para os usuários que não tivessem ativado nada anteriormente. Felizmente, não é o caso.

Ainda não se sabe, entretanto, se a chegada definitiva do PiP continuará sendo restrita a usuários do YouTube Premium ou se funcionará com todos os usuários da plataforma. A primeira opção, entretanto, é mais provável — afinal de contas, a possibilidade de assistir a vídeos enquanto se faz outra coisa no smartphone é um dos principais chamarizes da versão paga do YouTube (no Android, por exemplo, o PiP só funciona com os usuários pagantes).

Publicidade

Por outro lado, em fevereiro último, o Google afirmou em nota ao MacRumors que pretendia lançar o PiP para todos os usuários do iOS *sem* uma assinatura do YouTube Premium… nos Estados Unidos. Ou seja, as perguntas continuam — e só os próximos dias dirão quais serão as suas respostas.

via MacRumors

Atualização, por Luiz Gustavo Ribeiro11/04/2022 às 15:53

A novela continua, meus amigos.

Publicidade

De acordo com uma atualização publicada pelo MacRumors, o YouTube esclareceu que a disponibilidade do PiP se referia ao YouTube TV — serviço atualmente disponível apenas nos Estados Unidos — e *não* ao aplicativo YouTube geral. Segundo a plataforma, o PiP está disponível atualmente apenas para usuários Premium em dispositivos Android.

Como muito bem dito pelo repórter Mark Gurman, o lançamento do PiP para iOS é uma das situações mais bizarras da empresa, uma vez que um recurso relativamente tão simples não devia ter uma implementação tão confusa e morosa.

Veremos quando isso acontecerá, portanto — se é que vai.


Ícone do app YouTube
YouTube de Google LLC
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com o iMessageCompatível com Apple TV
Versão 17.32.2 (306.3 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Todas as cores do iPad Air de quinta geração de frente

Vendas do iPad Air de 5ª geração são liberadas no Brasil [atualizado]

Próximo Artigo
"Run, Bambi, Run", podcast original da Apple

"Run, Bambi, Run": Apple anuncia seu novo podcast original

Posts Relacionados