O melhor pedaço da Maçã.

DuckDuckGo também bloqueará páginas AMP do Google

Depois do Brave, o navegador focado em privacidade também declarou guerra ao framework
DuckDuckGo no macOS e no iOS

Parece que o momento não é bom para o AMP (Accelerated Mobile Pages), framework do Google que renderiza páginas da web de forma mais simples para (supostamente) economizar dados e exigir menos processamento do dispositivo. Ontem já falamos sobre o anúncio do Brave de um recurso para bloquear o framework, e o navegador não é o único: o DuckDuckGo está seguindo pelo mesmo caminho.

Publicidade

A empresa focada em privacidade anunciou recentemente no Twitter que seus navegadores (para macOS, iOS e Android) e suas extensões (para Firefox e Chrome) já estão configurados para bloquear as versões AMP de páginas. Ou seja, mesmo que um site tenha o framework do Google ativado, o DuckDuckGo “burlará” o seu carregamento e exibirá a versão original da página.

NOVO: nossos apps e extensões agora protegem os usuários do rastreamento das páginas AMP, do Google. Quando você carrega uma página AMP em qualquer lugar nos apps (iOS/Android/Mac) ou extensões (Firefox/Chrome) do DuckDuckGo, a versão original da página será exibida em vez da versão AMP.

A tecnologia AMP é ruim para os usuários porque permite que o Google aplique ainda mais rastreadores sobre os usuários (e já existem muitos). Além disso, o Google usa o AMP para fortalecer ainda mais seu monopólio, forçando a tecnologia sobre publicações ao priorizar links AMP na busca e favorecendo anúncios do próprio Google em páginas AMP.

A justificativa do DuckDuckGo vai pelo mesmo caminho dos desenvolvedores do Brave: o pretexto do Google para o AMP (menos dados e exigência de processamento) seria apenas uma cortina para uma tecnologia que, segundo a empresa, permite que a gigante de Mountain View rastreie os usuários ainda mais de perto e priorize, em seu serviço de buscas, páginas com o framework ativada.

Em resposta às acusações recentes, o Google afirmou que as afirmativas são falsas. Em comunicado enviado ao The Verge, a porta-voz da empresa, Lara Levin, afirmou o seguinte:

As acusações sobre o AMP são enganosas e repetem uma série de alegações falsas. O AMP é um framework de código aberto que foi desenvolvido de forma colaborativa com publicações, empresas de tecnologia e o Google como uma forma de carregar mais rapidamente o conteúdo da web, permitindo que publicações e sites criem experiências melhores na internet de maneira mais fácil.

De qualquer forma, a mudança já está valendo nos serviços do DuckDuckGo. Acharam uma boa?


Ícone do app DuckDuckGo Private Browser
DuckDuckGo Private Browser de DuckDuckGo, Inc.
Compatível com MacsCompatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 7.120.0 (100.5 MB)
Requer o iOS 14.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na Mac App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

iPhones 13 tiveram a maior participação de mercado em anos nos EUA

Próx. Post

Facebook: como gerenciar os apps que usaram seu login [iPhone, iPad e web]

Posts Relacionados