O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Jack Skeens / Shutterstock.com
Apple AirTag em mala/sacola com acessório

Passageiro usa AirTag (e PowerPoint) para achar mala perdida por cia aérea

O caso de Elliot Sharod acabou viralizando no Twitter pela situação inusual

Ter sua bagagem extraviada pela companhia aérea é uma das frustrações mais temidas por passageiros de todo o mundo, mas o caso de Elliot Sharod foi um pouco diferente: sua mala, perdida num voo da irlandesa Aer Lingus, tinha um AirTag dentro dela — e, a partir daí, Sharod embarcou numa campanha pitoresca para recuperá-la.

Publicidade

Tudo começou no último dia 17, quando Elliot e sua esposa, Helen, retornaram de Joanesburgo para Londres — os dois se casaram na cidade sul-africana e estavam voltando para a capital inglesa, onde moram. A rota do casal foi complexa, com conexões em Abu Dhabi, Frankfurt e Dublin, além de trocas de companhias aéreas no processo; na chegada a Londres, as malas dos dois simplesmente não estavam lá.

Elliot e Helen, então, acionaram sua arma secreta: cada um dos três volumes despachados pelo casal tinha um AirTag, e os dois conseguiram rastrear suas malas e perceber que elas chegaram a Frankfurt, mas, em vez de serem levadas ao avião correto, foram transportadas até uma área de restituição.

Elliot entrou em contato com a Aer Lingus e a companhia aérea agiu rápido, entregando os volumes na noite seguinte. Só havia um problema: apenas duas das três malas perdidas chegaram — e a que continuava desaparecida era a mais importante das três, contendo lembranças do casamento.

Publicidade

O rastreamento continuou, e Elliot descobriu que a mala perdida estava em um endereço aleatório em Pimlico, no centro de Londres. Os contatos seguintes com a Aer Lingus e a Eagle Aviation, responsável pela entrega da bagagem, foram mal-sucedidos: as empresas davam informações desencontradas, ora afirmando que o volume tinha “desaparecido” do sistema, ora com uma justificativa de que uma tentativa de entrega tinha sido realizada sem sucesso.

Sem uma resposta concreta das empresas, Elliot resolveu apelar para as redes sociais — e para o humor. Ele montou uma apresentação de PowerPoint para explicar sua situação e “guiar” a Aer Lingus e a Eagle Aviation até a última localização conhecida da mala, registrada pelo AirTag. O tweet, claro, acabou viralizando.

Após a disseminação do seu caso, o casal conseguiu a terceira mala de volta no último dia 22 — não por conta da companhia aérea ou da transportadora, e sim com uma ajudinha da Polícia Metropolitana de Londres. Como a história acabou virando um caso de polícia, Elliot afirmou que não compartilhará mais detalhes sobre o seu desfecho, mas notou que as empresas envolvidas sequer enviaram um pedido de desculpas até o momento.

Publicidade

Que situação, hein?!

AirTag

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via CNN

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
HyperDrive USB4 Mobile Dock

HyperDrive USB4 Mobile Dock suporta 8K e até duas telas 4K

Próximo Artigo
Diablo Immortal

Jogo Diablo Immortal será lançado no dia 2 de junho

Posts Relacionados