O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Serviços da Apple
MacRumors

Serviços da Apple chegam a 825 milhões de assinantes

O número saltou 25% em apenas um ano

A Apple está realizando neste momento sua conferência de resultados financeiros referentes ao segundo trimestre fiscal de 2022, e já sabemos do resumo da ópera: a receita geral atingiu novos recordes e vários segmentos também chegaram a números inéditos. Mas ainda há detalhes que precisam ser destacados, claro.

Publicidade

Como notou o jornalista Patrick McGee, do Financial Times, a Apple anunciou que atingiu um número recorde de assinantes dos seus serviços no último trimestre fiscal: agora, a Maçã tem nada menos que 825 milhões de usuários pagantes entre o iCloud+, o Apple TV+, o Apple Music, o Apple Arcade, o Apple Fitness+ e as demais plataformas da empresa.

O número representa um crescimento de 25% na comparação com o mesmo período de 2021: no segundo trimestre fiscal do ano passado, a Maçã tinha 660 milhões de assinantes entre todos os seus serviços. Segundo Luca Maestri, chefe financeiro da Apple, a empresa está “muito satisfeita” com o crescimento, considerando os investimentos feitos na área ao longo do último ano.

A Apple, como de costume, não dá informações adicionais sobre a quantidade de assinantes, então não é possível saber números exatos sobre cada plataforma. É de se imaginar, entretanto, que o Apple TV+ esteja capitaneando esse crescimento — afinal de contas, o serviço tem angariado bastante popularidade nos últimos tempos, especialmente após o Oscar de Melhor Filme de “CODA” e o sucesso de séries recém-lançadas como “Ruptura” e “Pachinko”.

Publicidade

Como já destacamos, o segmento atingiu também sua maior receita histórica no último trimestre fiscal, chegando a US$19,8 bilhões ao longo do período. O setor já é o segundo entre os que mais faturam em Cupertino, responsável por 20,4% do total — contra 52% do iPhone e 10,7% do Mac, o terceiro colocado.

Impressionante, hein?!

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Novo MacBook Air com chip Apple M1 de lado num fundo escuro

Oferta: MacBook Air (M1, 512GB) com 29% de desconto

Próximo Artigo
Tim Cook na keynote do evento especial de setembro de 2020

Por que a Apple não compra grandes empresas? Cook explica

Posts Relacionados