O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPhones 13 Pro

Apple foi a única a crescer no mercado de smartphones no primeiro trimestre de 2022

A Maçã parece estar segurando bem a onda no contexto da crise de chips

Já faz alguns trimestres que, por conta da crise no fornecimento de chips, o mercado de smartphones apresenta tendência de desaceleração (e, em alguns casos, queda) nas vendas — e, nesse contexto, a Apple está conseguindo se segurar muito bem, obrigado. Os números mais recentes das principais firmas de análises mostram que o cenário continua sem grandes alterações.

Publicidade

Referente às vendas globais de smartphones no primeiro trimestre de 2022, o relatório da Canalys mostrou que todas as principais fabricantes do planeta tiveram uma queda nas vendas na comparação ano a ano… exceto a Apple. Nas estimativas da firma, a Maçã vendeu 56,5 milhões de iPhones no período, um salto de 8% em relação aos 52,4 milhões registrados no primeiro trimestre de 2021.

Com o crescimento, a Apple ampliou sua fatia de mercado global para 18%, aproximando-se da líder Samsung. A sul-coreana, aliás, teve uma queda de 4% nas vendas na comparação ano a ano, mas como encolheu menos que as demais concorrentes, atingiu seu maior market share em cinco anos: 24%, ou quase ¼ do mercado global. Foram 73,7 milhões de aparelhos vendidos pela gigante no último trimestre.

Completam o Top 5 três chinesas: Xiaomi, OPPO/OnePlus e vivo, todas com quedas significativas (entre 20% e 30%) na comparação ano a ano. No geral, o mercado de smartphones caiu 11% em um ano, de acordo com a Canalys.

Publicidade

Strategy Analytics e IDC também publicaram seus relatórios relativos ao último trimestre, todos com variações pequenas nos números (são estimativas, afinal de contas), mas um cenário no geral bem semelhante.

Vale notar que a Apple divulgou ontem seus resultados financeiros relativos ao segundo trimestre fiscal de 2022 e destacou o crescimento da receita dos iPhones na comparação com o mesmo período do ano anterior. Ou seja, os smartphones da empresa estão com fôlego, mesmo — resta saber se ele será mantido nos próximos meses. A ver.

iPhones 13 Pro e 13 Pro Max iPhones 13 e 13 mini

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Prune+, do Apple Arcade

Cultive seu bonsai virtual em Prune+, no Apple Arcade

Próximo Artigo
Capitol dos Estados Unidos

EUA lançam investigação sobre restrições para apps no iOS

Posts Relacionados