O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

MacBook Pro
Farknot Architect / Shutterstock.com

★ Economize ao comprar um MacBook seminovo nos EUA com a Zip4Me!

Comprar um MacBook no Brasil, sabemos, não é uma tarefa que sai lá muito barato para os nossos bolsos — principalmente caso você opte por fazer isso na Apple, onde o computador portátil mais barato vendido pela empresa está saindo por incríveis R$11.088,00 (à vista).

Publicidade

Por esse motivo, muita gente adere a sites de compra e venda de produtos usados, como, OLX, Mercado Livre e MM Fórum. Mas e se você quiser comprar um MacBook seminovo nos Estados Unidos e importá-lo pro Brasil?

Isso é possível com a Zip4Me. Disponibilizando um endereço nos EUA, a empresa permite importar vários produtos pro Brasil, os quais acabam saindo mais em conta do que se fossem comprados por aqui.

É por isso que demos aquela tradicional vasculhada na internet para encontrar alguns MacBooks usados, vendidos no eBay, e comparamos seus preços com os de modelos semelhantes vendidos nos locais supracitados.

Publicidade

Para cada produto, adicionamos a taxa de 60% cobrada pela Receita Federal para a importação de produtos para o Brasil; mesmo assim, conseguimos simular uma economia de mais de R$4 mil na compra de um computador portátil usado da Maçã. Como já mostramos em outros comparativos do gênero, quanto maior o valor, maior a economia!

Cabe destacar que os produtos e os preços que serão apresentados foram encontrados no momento da redação da matéria, de modo que podem não estar mais disponíveis quando você estiver lendo a publicação. Mas o conceito em si continua valendo, é claro.

Ah, e na hora de realizar a conversão do valor em dólar para o preço em reais, usamos a cotação do dólar do dia da redação desta matéria: R$5,16.

Publicidade

Então, vamos ao nosso comparativo?

MacBook Air com chip M1

Não poderíamos começar sem falar do laptop mais básico — e que atende basicamente a todos — vendido pela Apple atualmente: o MacBook Air com chip M1. O computador, que é para lá de revolucionário e foi o pontapé inicial da Maçã com o Apple Silicon, é (atualmente) o preferido de quem gosta de economizar, dado o seu alto desempenho e custo-benefício.

No Brasil, a Apple está vendendo o computador por R$11.088 em sua versão mais básica, à vista. E foi possível encontrá-lo em boas condições no Mercado Livre por uma média de R$8.000.

Novo MacBook Air com chip Apple M1 na cor dourada visto de cima

Vasculhando o eBay, foi possível achar o MacBook de entrada da Maçã em excelente estado por US$849, resultando em um valor de cerca de R$7.200 (sempre, vale recordar, com a taxa de importação já inclusa).

Publicidade

Assim, há uma economia de R$600 em relação ao preço no mercado de usados e de R$4.573 em relação ao produto novo na Apple.

MacBook Pro de 13″ M1

Outro computador que ganhou um chip M1 em 2020 foi o MacBook Pro de 13 polegadas. A máquina, que já era bem equipada com chip da Intel, ganhou ainda mais poder de fogo com o Apple Silicon, sendo uma das preferidas de quem está à procura de um modelo intermediário dos portáteis da empresa.

O modelo mais barato, com 256GB armazenamento e 8GB de memória, está sendo vendido pela Apple no Brasil por R$14.755,50. No ML, encontramos algumas unidades por cerca de R$9.500 (média); Nos EUA, o encontramos usado por US$945.

Com a taxa de importação inclusa, o computador sairia por cerca de R$8.000. Isso resultaria em em uma economia de R$6.700 em relação ao preço de um novo na Apple, e de R$1.500 em relação à média encontrada no ML.

E os mais recentes?

No ano passado, a Apple lançou variações do seu chip M1 com a chegada dos processadores M1 Pro e M1 Max, os quais equipam os novos MacBooks Pro de 14″ e 16″. Nós também pegamos um de cada modelo para mostrar como você pode economizar (principalmente) com eles.

MacBook Pro de 14″

Primeiro, vamos com o modelo de 14″, que é o mais básico entre os lançados no ano passado, equipado com o chip M1 Pro, 16GB de memória e 512GB de armazenamento.

No site da Apple, o computador está saindo atualmente por R$23.030,10 (à vista), um preço para lá de salgado pros padrões brasileiros.

Por ser um modelo novo e muito caro por aqui, é muito difícil encontrá-lo no mercado de usados. Achamos um por R$15.000 reais no Mercado Livre, o que é um valor não muito distante do que está sendo cobrado pela máquina em grandes varejistas aqui no Brasil.

No eBay, encontramos o computador por US$1.600, o que, em conversão direta com a taxa de importação, resulta em R$12.595 — uma economia de R$4.405 em relação ao preço do ML e de R$13.384 se considerarmos o preço de um novo na Apple Store Online.

MacBook Pro de 16″

Muito semelhante ao computador anterior, o MacBook Pro de 16″ pode igualmente ser configurado com um chip M1 Max, até 64GB de memória e até 8TB de SSD. Para este comparativo, usamos o modelo com 32 núcleos de GPU, 32GB de memória e 1TB de armazenamento.

MacBooks Pro 2021

No Brasil, um MacBook Pro com essas especificações está saindo por “incríveis” R$38.857,50 na Apple Store Online. Vasculhando no Mercado Livre, foi possível encontrá-lo por R$30.000, um preço também muito longe de ser convidativo.

No eBay, a coisa muda de figura, já que o mesmo modelo pode ser encontrado por US$3.250, o que, em conversão direta e taxa de importação inclusa, resulta em R$27.600. Caro? Muito! Mas uma economia de R$2.400 em relação ao mercado brasileiro de usados e de R$11.257,50 em relação ao preço oficial praticado pela Apple por aqui.

Comprando e entregando na Zip4Me

Comprando produtos e mandando entregar na Zip4Me, você automaticamente se livra do imposto americano, pois o armazém da empresa fica no estado do Oregon (mais precisamente, na cidade de Portland), onde não há cobrança de impostos locais.

Os produtos recebidos pela Zip4Me ainda precisam ser despachados para a sua casa, então precisamos levar em consideração ainda esses valores. Porém, especialmente nos modelos mais caros de MacBooks que citamos como exemplo, há uma boa margem de “segurança” para garantir que ainda haja uma economia grande no valor final dos produtos.

Assim como o cliente faz a sua declaração aduaneira, também é de sua responsabilidade conhecer as leis alfandegárias do país de destino. Nesse caso, pode haver cobrança de ICMS sobre importação, caso você more em estados como RS, MG e SC — a média é de 18%. Para mais informações sobre o regime de tributação, acesse o site da Receita Federal.

Além da economia em si, como sempre falamos, a Zip4Me tem um grande armazém que pode ir guardando os seus produtos por até três meses — prazo que é renovado a cada nova compra. Depois, você junta tudo num envio só para a sua casa. Então, já pode ir também fazendo suas comprinhas aos poucos, aproveitando inclusive promoções que rolam nos EUA.

Para saber e entender melhor como funciona o serviço da Zip4Me e como ela pode lhe ajudar, não deixe de conferir essa página.

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: Este é um artigo patrocinado, escrito de maneira independente pelo MacMagazine a partir de um acordo comercial com o anunciante, que não influenciou o conteúdo do post.

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
AirPods com USB-C do engenheiro Ken Pillonel

Após iPhone, engenheiro cria case de AirPods com porta USB-C

Próximo Artigo
Suposto design do iPhone 14 Pro

Analista corrobora telas (um pouco) maiores nos "iPhones 14 Pro"

Posts Relacionados