O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iFeed
"iPhones 14"

Lockdowns na China atrasam produção de um dos “iPhones 14” [atualizado 2x]

Há semanas, temos acompanhado aqui as dificuldades enfrentadas por fornecedoras da Apple na China devido aos sucessivos lockdowns para conter o avanço do novo Coronavírus (COVID-19) no país.

Publicidade

Os efeitos disso, naturalmente, já estão sendo sentidos pelas parceiras da Apple e até mesmo por ela, com produtos indisponíveis e atrasos em entregas — mas até mesmo novidades futuras estão à beira de serem afetadas.

De acordo com uma reportagem do Nikkei, pelo menos um modelo dos “iPhones 14” está com “semanas” de atraso na produção — e a Apple estaria trabalhando com fornecedores para voltar ao prazo correto.

Mais precisamente, o modelo em questão está cerca de três semanas atrasado em relação aos demais — segundo as informações, todos os modelos estão atualmente no estágio de teste de verificação de engenharia (engineering validation test, ou EVT), no qual a Apple ajusta as linhas de produção.

Publicidade

Como destacado pelo Nikkei, a suspensão das atividades dos principais fornecedores da Apple em Xangai e o impacto dos lockdowns no transporte da região causaram esse atraso.

É um desafio compensar o tempo perdido, a Apple e seus fornecedores estão trabalhando sem parar para acelerar o desenvolvimento.

Geralmente, todos os novos iPhones completam o EVT até o final de junho, deixando tempo para a produção em massa acontecer até o final de agosto — ou possivelmente no início de setembro.

Se o processo de desenvolvimento puder ser acelerado e avançar para o próximo nível por volta do final de junho ou início de julho, então ainda deve ser possível atender ao prazo de produção em massa até o início de setembro.

Portanto, ainda é cedo para dizer que o atraso no desenvolvimento provocará um adiamento no lançamentos dos novos aparelhos — como aconteceu com a linha iPhone 12, em 2020. Certamente, esse cenário ficará mais claro nos próximos meses.

via Reuters

Atualização26/05/2022 às 08:17

Como divulgado hoje pelo 9to5Mac, o analista Jeff Pu, da Haitong International Securities, acredita que o “iPhone 14 Max” é o modelo (que não havia sido especificado pelo Nikkei) cuja produção estaria atrasada em três semanas.

Publicidade

Como já especulado por diversas fontes, o “iPhone 14 Max” poderá uma tela de 6,7 polegadas, mas menos recursos em relação ao “iPhone 14 Pro Max”, como uma câmera traseira dupla (não tripla) e ausência do novo recorte frontal no estilo hole-punch (mantendo o notch).

Atualização II26/05/2022 às 14:00

O analista Ming-Chi Kuo — nossos olhos e ouvidos dentro da cadeia de fornecimento da Apple —, trouxe há pouco mais informações que “confirmam” o atraso da produção do “iPhone 14 Max”, mas que até o momento isso não afetará o lançamento dos novos modelos.

De acordo com Kuo, ainda há tempo para as fornecedoras da Apple compensarem o atraso para que o atual cronograma de lançamento seja mantido. Além disso, ele apontou que a companhia poderá ter mais problemas com a demanda do que com o fornecimento dos “iPhones 14”.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Music MiniPlayer

App traz de volta o miniplayer do iTunes ao app Música

Próximo Artigo
Ícone da App Store estilizado

Apple relembra prazo para regra de exclusão de contas em apps

Posts Relacionados