O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iOS 16 tem widgets na tela bloqueada, notificações renovadas e muito mais!

iOS 16 em três iPhones (WWDC22)

A WWDC22 já está rolando, e claro que, com ela, já temos a próxima geração do sistema operacional que rodará em centenas de milhões de iPhones ao redor do mundo: senhoras e senhores, o iOS 16 está entre nós!

Publicidade

A primeira novidade do novo sistema é uma nova tela bloqueada. Temos aqui uma reimaginação completa do espaço, com personalização de basicamente tudo que você vê na interface. É possível alterar a aparência do relógio, adicionar efeitos de profundidade com fotos tiradas no modo Retrato, mudar os estilos, fontes, cores e muito mais.

Também temos widgets na tela bloqueada. Você pode conferir rapidamente eventos do calendário, temperatura no seu local, seus círculos de atividade e muito mais. E você pode ter múltiplas telas bloqueadas — uma para cada momento do seu dia, por exemplo. As fotos podem ser trocadas periodicamente, inclusive com sugestões curadas pelo próprio sistema. Há opções de telas dinâmicas, como uma conectada ao app Tempo que mostra o clima da sua localidade naquele momento.

As notificações também ganharam um banho de loja. Agora elas aparecem num bloco na parte de baixo da tela bloqueada, e você pode expandi-las ou escondê-las. Há também as chamadas Live Activities, notificações “em tempo real” que mostram informações de algo que está acontecendo naquele momento — o placar de um jogo, a proximidade do Uber que você pediu ou a duração do seu exercício. Elas podem ser expandidas para tomar a tela inteira, com mais informações.

O modo Foco, por sua vez, agora também está na tela bloqueada: cada tela pode estar associada a um perfil de Foco, como trabalho, vida pessoal ou viagem. Suas preferências também se estendem à tela de Início e aos apps com o recurso Focus Filters, que mostram apenas o conteúdo que interessa para aquele momento — no Safari, por exemplo, o navegador pode mostrar apenas os favoritos do momento do trabalho, enquanto os apps Mensagens e Calendário também seguem o Foco do momento.

No iMessage, três novos recursos chegarão no iOS 16: edição de mensagens, desfazer envio e marcar mensagens como não lidas — para aquelas que você pretende responder mais tarde, por exemplo. Já o recurso Compartilhado para Você (Shared With You) agora é acessível por desenvolvedores com uma nova API.

O SharePlay também ganhará melhorias: com um toque na sua chamada do FaceTime, você pode conferir todos os apps instalados que oferecem suporte ao recurso, e na App Store você pode conferir outros aplicativos para aproveitar com seus amigos. O SharePlay também estará disponível no iMessage, para compartilhar a experiência por mensagens de texto em vez de áudio/vídeo.

Publicidade

O Ditado é outro aspecto do sistema que recebeu atenção no update: agora, uma experiência completamente nova permite que você alterne entre digitação e ditado sem barreiras — basta começar a falar e o texto aparecerá na tela, ainda com o teclado aparente. É possível até mesmo selecionar um pedaço do texto via toque e substituí-lo via voz. O Ditado é capaz de adicionar pontuação automaticamente e até mesmo adicionar emojis.

O recurso Texto Ao Vivo (Live Text) passará a funcionar com vídeos — basta pausar o vídeo e interagir com o texto exibido na tela. Também haverá ações rápidas: é possível traduzir algo em língua estrangeira ou converter unidades rapidamente. E na Câmera, será possível traduzir documentos inteiros (ou cardápios, por exemplo) imediatamente. Os desenvolvedores terão uma nova API para integrar o recurso aos seus apps.

O recurso de reconhecimento de objetos está ainda mais poderoso, e é capaz de detectar automaticamente a parte principal de uma imagem (como o seu pet, por exemplo) e “separá-lo” — assim, você pode selecionar apenas o objeto em questão e compartilhá-lo em qualquer lugar, como o iMessage.

E esse é apenas o começo: o app Carteira (Wallet) terá suporte expandido a documentos pessoais em 11 estados, como Maryland e Arizona. Também será possível compartilhar chaves (de hotéis, por exemplo) mais facilmente por meio de outros apps, como o WhatsApp, e até mesmo com usuários do Android por meio de um padrão utilizado por toda a indústria.

O Apple Pay ganhará o Tap to Pay (já anunciado) e um novo recurso chamado Apple Pay Later, que permite dividir pagamentos em até quatro parcelas na própria plataforma da Maçã, divididas entre seis semanas, sem juros ou taxas extras. A plataforma também ganhará o Apple Pay Order Tracking, que permitirá a vendedores integrar as informações de envio das suas mercadorias diretamente ao app Carteira.

Continuando, temos novidades no Mapas: os mapas atualizados da Apple chegarão a 11 novos países, como França, Suíça e Nova Zelândia. Um novo modo Cidade mostra detalhes em 3D ainda mais ricos, incluindo em cidades como Las Vegas e Nova York. As rotas poderão ter múltiplas paradas (até 15), e você pode planejá-las no Mac e enviá-las ao iPhone — é possível, durante a rota, pedir à Siri que adicione novas paradas para atualização em tempo real das direções. No transporte público, será possível usar cartões-passe, com alerta de taxas e de saldo chegando ao fim. O Olhe ao Redor, por fim, chegará ao MapKit, permitindo que desenvolvedores adicionem informações aos seus apps.

Outro foco do iOS 16 são os esportes: o aplicativo Apple TV é capaz de exibir placares ao vivo nas Live Activities das notificações, e o Apple News ganhará uma seção especial com seus times e ligas favoritas, incluindo placares em tempo real, agenda, notícias e vídeos — tudo de graça e disponível em quatro países. Caso o usuário seja assinante do Apple News+, haverá ainda cobertura especial dos veículos pagos sobre os times e ligas seguidos.

No Compartilhamento Familiar, ficará mais fácil criar e administrar contas para crianças, com uma tela especial para definir a idade da criança, escolher quais apps são acessíveis, livros, séries, filmes e muito mais. Também é possível configurar rapidamente o Tempo de Uso, localização e muito mais; a criança pode pedir por mais um tempo pelo iMessage. Tudo isso pode ser configurado simplesmente aproximando o novo iPhone/iPad de um dispositivo já configurado de um dos adultos da família.

Também há novidades para o Fotos: com a iCloud Shared Photo Library, um grupo de até cinco pessoas pode colaborar num álbum de fotos, para que todos tenham acesso às fotos de uma viagem ou de um evento, por exemplo. É possível selecionar automaticamente fotos de um certo período de datas ou com certas pessoas, e no app Câmera você pode selecionar rapidamente se a foto que você vai tirar será compartilhada na biblioteca familiar ou apenas na sua biblioteca pessoal. Edições também são sincronizadas na biblioteca compartilhada, e o conteúdo ali aparecerá nas memórias e no widget do Fotos para todos os envolvidos.

A Privacidade também ganhará melhorias no iOS 16. Um novo recurso, chamado Safety Check (Checagem de Segurança), permitirá que usuários (e usuárias) em relacionamentos abusivos acessem rapidamente ajustes importantes de compartilhamento. Um botão permitirá que você redefina imediatamente todo acesso compartilhado que você tenha com outra pessoa, como localização, senhas e mais, e você pode ver em uma única tela todas as informações que você compartilha com amigos e familiares, bem como apps e serviços conectados às suas contas.

O HomeKit também está ainda melhor. O padrão Matter finalmente está oficialmente anunciado e tem as fundações do HomeKit, com dezenas de marcas comprometidas a oferecer suporte ao padrão — que permitirá que o ecossistema da Apple se conecte a ainda mais produtos e plataformas. Para acompanhar as novidades, o app Casa também foi redesenhado, com uma interface mais simples para controlar todos os seus dispositivos conectados em apenas uma tela. Há novas categorias para lâmpadas, clima, segurança e mais, e tudo pode ser organizado por câmera ou outros filtros. Suas câmeras de segurança são visíveis diretamente da tela inicial, e você pode configurar widgets na tela bloqueada para tornar tudo ainda mais simples.

O CarPlay, por sua vez, foi atualizado para “reinventar a experiência no carro” e invadir todas as telas do seu veículo. Agora, ele pode assumir controle até mesmo do painel do seu carro, controlando o seu ar-condicionado, mostrando sua velocidade, nível de combustível (ou bateria), rádio do veículo, inclinação dos bancos e muito mais. Também há widgets do iPhone e informações rápidas, com comunicação em tempo real entre o smartphone e o sistema do seu carro. O novo CarPlay pode se adaptar a qualquer tipo (e quantidade de telas) no veículo, e você pode escolher entre diferentes layouts e tipos de interface para ficar com aquela com que se sente mais confortável. Dezenas de montadoras já se comprometeram a adotar a nova versão do CarPlay para seus veículos, e a ideia é que os primeiros sejam anunciados no ano que vem.

Querem mais? Pois temos Áudio Espacial melhorado nos AirPods, com ajuda da câmera TrueDepth dos iPhones para entender os seus arredores, bem como um recurso de Notas Rápidas vindo do Mac e novas opções de Memojis.

Este, em resumo, é o iOS 16 — a Apple ainda não anunciou, mas é provável que o sistema saia em primeira versão beta ainda hoje, com lançamento definitivo previsto para setembro/outubro próximos.


Apoio: Autodesk

A Autodesk está mudando a maneira como criamos e projetamos o mundo. De edifícios mais verdes a produtos mais inteligentes a filmes blockbusters hipnotizantes, os softwares da Autodesk ajudam clientes a projetar e fazer um mundo melhor para todos!

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
ECG no Apple Watch

FDA aprova nova função de fibrilação atrial para o Apple Watch

Próximo Artigo
watchOS 9

watchOS 9: novos mostradores, estágios do sono e mais

Posts Relacionados