O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Mulher usando o Face ID do iPhone X

Face ID: o que é e como funciona o sensor de biometria facial

Um dos principais chamarizes do iPhone X, lançado em 2017, foi o seu design completamente destoante dos smartphones anteriores da Apple. Com uma tela de ponta a ponta, ele trazia um recurso inédito de biometria: o Face ID.

Publicidade

Com ele, os usuários passaram a poder desbloquear, acessar os seus aplicativos e até realizar pagamentos via Apple Pay usando apenas a autenticação pelo seu rosto.

O que é o Face ID?

Ao contrário de outras tecnologias de biometria facial em smartphones, que até então usavam apenas os dados captados bidimensionalmente (como a leitura de uma simples fotografia de rosto), o Face ID vai além. Com ele, vários dados do rosto do usuário são captados através do sistema TrueDepth, responsável por fazer o Face ID funcionar.

No sistema TrueDepth, ficam localizados os seguintes sensores e componentes:

  • Câmera infravermelha
  • Emissor de luz
  • Sensor de proximidade
  • Sensor de luz ambiente
  • Alto-falante
  • Microfone
  • Câmera frontal
  • Projetor de pontos

Como funciona o Face ID?

Através desse conjunto de sensores da câmera TrueDepth, o iPhone/iPad pode capturar os dados do rosto de forma precisa, analisando e projetando milhares de pontos invisíveis para criar um mapa de profundidade do rosto, além de capturar uma imagem infravermelha dele.

Phil Schiller falado sobre o Face ID

Então, uma parte do Neural Engine (presente nos processadores a partir do A11 Bionic) transforma esse mapa de profundidade e a imagem infravermelha em uma representação matemática e a compara com os dados faciais registrados durante a configuração inicial do recurso.

O mais bacana desse sistema é que ele pode se adaptar conforme você muda — seja enquanto a sua barba estiver crescendo ou você estiver usando acessórios como chapéus, lenços, óculos, lentes de contato e diferentes tipos de óculos de sol (apesar de nem todos funcionarem, vale notar).

Publicidade

O Face ID também é capaz de funcionar tanto em ambientes claros quanto escuros, vale notar. Ele analisa até mesmo micromovimentos que fazemos com partes do rosto, de forma a evitar ser enganado.

Publicidade

Segundo a Apple, o sistema que possibilita a ativação do Face ID funciona melhor quando o iPhone/iPad compatível está em uma distância de 25cm a 50cm do rosto.

O Face ID funciona com máscaras?

Em tempos ainda pandêmicos, esse é um bom questionamento. Desde o iOS 14.5 e o watchOS 7.4, quem tem um Apple Watch pode usar o smartwatch para fazer a autenticação e desbloquear o iPhone. Porém, ele não servia para liberar o acesso aos aplicativos e autenticar pagamentos do Apple Pay.

Publicidade

Pois a partir do iOS 15.4, a Maçã passou a permitir que mesmo quem não possui um Apple Watch possa desbloquear o iPhone usando o Face ID. O único ponto negativo disso é que ele está restrito aos iPhones 12 e 13.

Quais dispositivos são compatíveis com o Face ID?

Atualmente, o Face ID está disponível nos seguintes modelos de iPhones e iPads:

iPhones

  • iPhone X
  • iPhone XS e XS Max
  • iPhone XR
  • iPhone 11
  • iPhone 11 e 11 Pro
  • iPhone 12 e 12 mini
  • iPhone 12 Pro e 12 Pro Max
  • iPhone 13 e 13 mini
  • iPhone 13 Pro e 13 Pro Max

iPads

  • iPad Pro de 11 polegadas (todas as gerações)
  • iPad Pro de 12,9 polegadas (3ª geração ou posteriores)

É seguro?

De acordo com a Apple, o Face ID é muito seguro. Segundo ela, todos os dados do recurso, incluindo as representações matemáticas do seu rosto, são criptografados e protegidos por uma chave disponível apenas para o Secure Enclave, que fica dentro do processador.

Em testes, a probabilidade de que uma pessoa aleatória desbloqueie o seu iPhone/iPad é inferior a 1 em 1.000.000, mesmo se você esteja ou não usando uma proteção facial.

Apesar disso, essa probabilidade estatística é maior no caso de gêmeos ou irmãos que se pareçam com você e em crianças menores de 13 anos, já que as características faciais delas podem não ter se desenvolvido tanto quanto as de um adulto.

Como camada extra de segurança, você pode ativar uma opção para detectar a sua atenção e fazer com que o Face ID apenas desbloqueie o seu aparelho se você estiver olhando diretamente para ele.


Conte pra gente: você é fã do Face ID ou prefere o bom e velho Touch ID? 😁

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Facebook

Facebook: como analisar e apagar os logins feitos [iPhone, iPad e web]

Próximo Artigo
Touch ID do iPhone

O que é e como funciona o Touch ID

Posts Relacionados