O melhor pedaço da Maçã.

Pesquisa sobre Parkinson que usa Apple Watch é aprovada pela FDA

Shutterstock.com
Senhora usando um Apple Watch

A empresa de pesquisa neurológica Rune Labs, dos Estados Unidos, recebeu aprovação da Food and Drug Administration (FDA) — ou Administração de Alimentos e Drogas, que tem competência similar à da nossa Anvisa — para uma pesquisa que monitora sintomas do Mal de Parkinson utilizando o Apple Watch.

Publicidade

Como mostrou a Reuters, são usados sensores de movimento, como os que detectam quedas, para monitorar tremores e demais questões relacionadas à doença. Dessa forma, é possível realizar um monitoramento muito mais detalhado, aumentando a quantidade de informações de que dispõem médicos, que em geral avaliam os pacientes apenas durante consultas curtas.

“Poder mostrar ao meu neurologista como meus sintomas motores estavam flutuando, graças ao StrivePD, foi o ímpeto que me fez buscar uma cirurgia para um dispositivo de estimulação cerebral profunda”, afirmou Aura Oslapas, criadora do aplicativo em que a pesquisa é baseada.


Desculpe, app não encontrado.

É válido notar que a própria Apple estimula esse tipo de iniciativa há algum tempo, como o próprio CEO1Chief executive officer, ou diretor executivo. da Rune Labs lembrou. Depois de contatar a empresa com relação ao estudo, “demorou oito minutos para o líder da equipe me retornar e dizer ‘Ei, legal, vamos explorar isso'”.

Seis anos atrás, em 2016, já havia rumores de que a Maçã estaria buscando maneiras de usar seus dispositivos para monitorar o Mal de Parkinson. Em 2018, foi criada uma API2Application programming interface, ou interface de programação de aplicações., no contexto da iniciativa ResearchKit, para monitorar transtornos relacionados ao movimento.

Assim sendo, já existiam soluções, como o aplicativo mPower, da Universidade de Rochester (Nova York, Estados Unidos), que também têm a intenção de monitorar a referida doença.


Ícone do app Parkinson mPower 2
Parkinson mPower 2 de Sage Bionetworks, a Not-For-Profit Research Organization
Compatível com iPhones
Versão 2.4 (171.9 MB)
Requer o iOS 14.7 ou superior
🇺🇸 Indisponível na App Store brasileira!
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

A novidade, porém, é uma sofisticação muito maior aplicada à tarefa de usar os dispositivos para auxiliar na construção de melhores tratamentos para a complicação, além de poder usar as soluções de modo individual com cada paciente. Ao deixar o Watch monitorando tremores, por exemplo, por longos períodos, são compilados dados com um alto nível de riqueza, com ainda mais potencial de impacto.

Publicidade

Como se trata de uma pesquisa, esse é apenas o início das descobertas de como o relógio pode atuar nessa área. A questão da saúde é bastante explorada pela Apple em recursos já existentes, bem como em possíveis novas funções que a empresa pode adicionar ao produto, como termômetro, medidor de glicose, entre outros.

Apple Watch Series 7
Comprar Apple Watch SE de Apple Preço à vista: a partir de R$3.059,10
Preço parcelado: a partir de R$3.399,00 em até 12x
Cores: meia-noite, estelar ou prateado
Tamanhos: 40mm ou 44mm
Conectividade: GPS ou GPS + Celular

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Notas de rodapé

  • 1
    Chief executive officer, ou diretor executivo.
  • 2
    Application programming interface, ou interface de programação de aplicações.

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Rumores já cobrem uma segunda geração do headset da Apple

Próx. Post

Menu secreto mostra nova tela bloqueada no iPadOS 16

Posts Relacionados