O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Telão com o chip M2 na keynote da WWDC22, no Apple Park

Benchmark confirma ganhos de 20% no chip M2

As primeiras máquinas equipadas com o chip M2, da Apple, ainda nem começaram a ser entregues aos consumidores, mas dados preliminares sobre a performance do SoC1 já começaram a pintar na internet, bem como alguns comparativos com os modelos da geração anterior.

Publicidade

Há pouco, um suposto benchmark do chip M2 pintou no Geekbench Browser com ganhos de performance respeitáveis tanto no single-core quanto no multi-core. De acordo com as informações, o novo processador roda numa frequência de 3,49Ghz, contra 3,2GHz do chip M1.

O teste cita uma máquina equipada com 16GB de memória unificada identificada pelo identificador Mac14,7, indicando se tratar de um MacBook Pro de 13 polegadas. O teste teria sido conduzido, ainda, no macOS Monterey 12.4.

Mais especificamente, o M2 marcou um total de 1.919 pontos no single-core contra 1.707 do chip M1, também em um MacBook Pro de 13″ — um ganho de aproximademente 12%. No teste multi-core, a nova geração do SoC registrou 8.928 pontos contra 7.419 do M1 — um salto de aproximadamente 20%.

Esses resultados estão bem próximos das estimativas divulgadas pela Apple durante a abertura da WWDC22, a qual afirmou que o M2 seria até 18% mais rápido do que seu antecessor em termos de CPU2. Assim como o M1, o M2 também é baseado numa arquitetura de 5 nanômetros.

M2 vs. M1 Pro/Max/Ultra

Mais cedo, o pessoal da Macworld divulgou um comparativo baseado nas declarações da Apple que coloca o M2 ao lado de cada uma das variantes mais poderosas do chip M1. Apesar de ainda não considerar os dados divulgados acima, as informações reunidas pelo veículo esclarecem como o novo SoC não foi exatamente projetado para desbancar máquinas como os MacBooks Pro mais recentes e o poderoso Mac Studio — o que é um pouco óbvio, mas não custa reforçar.

Chip M2

Mesmo com seus avanços, o M2 ainda fica atrás do chip M1 Pro em termos de poder de fogo de CPU, já que o modelo mais recente tem metade do número de núcleos de performance do M1 Pro, que conta com até oito no total.

Publicidade

Mesmo o M2 sendo 18% mais rápido que o seu antecessor direto, o M1 Pro ainda tem uma CPU 60% mais rápida do que o M1, deixando ambos para trás — isso tudo em testes single-core. Em testes multi-core, de acordo com as aproximações do veículo, o M1 Pro ainda deverá ser 35% mais rápido que o chip M2.

Em termos de GPU3, o M1 Pro aparece com uma larga vantagem por ter o dobro da largura de banda de memória — o que, segundo a Macworld, o torna 40% mais rápido. A única área em que o M2 vence é no Neural Engine, sendo, também, 40% mais ágil.

Por ter exatamente a mesma CPU, o M1 Max aparece com exatamente os mesmos ganhos do chip M1 Pro em relação ao M2 (embora também perca no Neural Engine). Os ganhos mais perceptíveis ficam reservados para a GPU:

Publicidade

A GPU é duas vezes maior e oferece o dobro da memória máxima com o dobro da largura de banda de memória do M1 Pro. Espere um desempenho da GPU aproximadamente 2,5x o do M2. O M1 Max possui duas engines de mídia, oferecendo recursos semelhantes, mas o dobro do desempenho do M1 Pro ou M2.

O poderoso M1 Ultra, por fim, dobra todos os ganhos obtidos com o M1 Max:

Na verdade, você tem 20 núcleos de CPU, então será mais de 2,5x mais rápido que a CPU do M2. A GPU tem até 64 núcleos e é provavelmente 5x mais rápida que a M2. Existem quatro engines de mídia também.

Em resumo, o M1 Ultra vencerá o M2 em todos os aspectos, incluindo o Neural Engine, porque possui dois Neural Engines de 16 núcleos. Embora cada um faça 11 trilhões de operações, os 22 trilhões de operações combinados ainda são cerca de 40% mais rápidos do que o Neural Engine da próxima geração no M2.

Ansiosos para a próxima geração do Apple Silicon? Contem pra gente!

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
1000 Hours Outside

Promoções na App Store: 1000 Hours Outside, Fury Unleashed, Xadrez Pro e mais!

Próximo Artigo
Apple Professional Learning Virtual Conferences

Inscrições abertas para o Apple Camp e cursos de verão online

Posts Relacionados